Pimpão faz nos acréscimos, Botafogo vence o Paraná e assume a liderança

ESPN.com.br
Veja os gols da vitória por 2 a 1 do Botafogo sobre o Paraná Clube

O Botafogo entrou na quinta rodada de olho na liderança da Série B e conseguiu o seu objetivo ao vencer o Paraná Clube, por 2 a 1, nesta terça-feira à noite, no estádio Durival de Britto, em Curitiba. Um gol de Rodrigo Pimpão, aos 47 minutos do segundo tempo, em uma falha do goleiro Murilo Prattes, deu a vitória aos cariocas. Antes disso, os visitantes saíram na frente com um gol contra de Zé Roberto, em disputa de bola com Bill, e os donos da casa igualaram ainda no primeiro tempo com Fernando Viana, em cobrança de pênalti.

Na segunda etapa, o time carioca teve que segurar a pressão dos pananaenses, principalmente depois da expulsão de Willian Arão, que levou dois cartões amarelos em sequência e deixou a equipe com um homem a menos em campo. Mesmo assim, a equipe do técnico René Simões conquistou o resultado positivo com o gol nos acréscimos.

Para assumir a primeira colocação da Série B do Campeonato Brasileiro, o Botafogo contou com o tropeço do ex-líder Bahia, que ficou no empate com o Macaé, por 0 a 0. Com isso, o Alvinegro agora soma 13 pontos, é o novo líder e segue invicto na competição.

O Náutico, que nesta terça bateu o Ceará, por 2 a 0, também tem 13 pontos e está em segundo lugar, com saldo de gols menor do que o líder: 7 a 6. O Bahia caiu para a terceira colocação, com 11 pontos. Já o Paraná ocupa apenas a 16ª posição, com quatro pontos.

Na próxima rodada, o Paraná Clube volta a campo no sábado, diante do Paysandu, no Estádio Mangueirão, em Belém, no Pará. Já o Botafogo terá pela frente, na sexta-feira, o Mogi Mirim, no Engenhão, no Rio de Janeiro.

O jogo

Com uma noite fria e pouca gente nas arquibancadas, a partida começou com bastante correria e, logo aos três minutos, Henrique apareceu na cara do gol carioca para arrematar à direita da meta, perdendo uma chance incrível. O troco veio com Bill, aos seis minutos, mas o chute saiu fraco, fácil para Murilo. O Fogão ficava mais tempo com a bola no pé, mas era bem marcado.

Gazeta Press
Botafogo venceu o Paraná com gol nos acréscimos, nesta terça
Botafogo venceu o Paraná com gol nos acréscimos, nesta terça

Triangulação no ataque alvinegro, Willian Arão apareceu como elemento surpresa, aos 13 minutos, mas errou feio o cruzamento. O Tricolor chegou bem aos 24 minutos, em cobrança de falta de Rafael Costa que Renan teve dificuldade para afastar. No rebote, Pedro Rosa rasgou para salvar. Porém, aos 26 minutos, Zé Roberto e Bill aparecerem na área paranista após cruzamento de Elvis, a bola morreu no fundo da rede, e o árbitro deu gol contra do paranista.

O Paraná não se abalou com o gol e chegou com perigo aos 37 minutos, com Éder carregando sem ser incomodado e fuzilando de longe, por cima do gol. Mas, aos 39 minutos, pênalti de Pedro Rosa em cima de Éder. Na cobrança, Fernando Viana deixou tudo igual na Vila. Aos 44 minutos, quase a virada, com Fernando Viana desviando com liberdade na área, mas em impedimento.

Para a segunda etapa, as equipes retornaram sem alterações. No primeiro lance, Giaretta cobrou falta e a bola passou raspando o travessão. A partida seguia muito movimentada. Na resposta, Rafael Costa serviu Henrique que, dentro da área, praticamente recuou. Paraná na pressão e, aos seis minutos, Henrique chutou prensado, Renan defendeu com os pés e, no rebote, Fernandes perdeu um gol impressionante.

O goleiro Renan era o grande nome da partida, impedindo a virada paranista. Aos 10 minutos, Luiz Felipe subiu na área e testou para o arqueiro espalmar. O técnico René Simões apostou na entrada de Lulinha e o Botafogo voltou a equilibrar as ações. Contra ataque do Glorioso, aos 18 minutos, com Bill tentando lançar Pimpão, mas parando na defesa. Depois da correria, o ritmo da partida caiu bastante.

A equipe carioca ficou com um a menos aos 29 minutos, depois que Willian Arão reclamou muito da arbitragem e recebeu dois cartões em sequência. O lance recolou o Tricolor da Vila na partida. O técnico Nedo Xavier colocou o time à frente com a entrada do estreante Rafael Carioca. Aos 33 minutos, Marcos Paraná invadiu a área e isolou a bola. O time paranista seguia com o drama das finalizações erradas.

Aos 46 minutos, bola desviada na área botafoguense, Renan estava batido, e caprichosamente ela se perdeu pela linha de fundo. Como castigo, aos 47 minutos, Rodrigo Pimpão aproveitou vacilo da zaga e bateu bonito para a rede para garantir a vitória.

FICHA TÉCNICA:
PARANÁ 1 x 2 BOTAFOGO

Local: Estádio da Vila Capanema, Curitiba (PR)
Data: Terça-feira, 02 de junho de 2015
Horário: 21h50 (Brasília)
Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO)
Assistentes: Cristhian Passos Sorence e Jesmar Benedito Miranda de Paula (GO)
Cartões amarelos: Washington, Rafael Costa, Zé Roberto (Paraná); Diego Giaretta, Willian Arão (Botafogo)
Cartão vermelho: Willian Arão (Botafogo)
Gols:
PARANÁ: Fernando Viana, aos 40 minutos do primeiro tempo
BOTAFOGO: : Zé Roberto (contra), aos 26 minutos do primeiro tempo e Rodrigo Pimpão, aos 47 minutos do segundo tempo

PARANÁ: Murilo; Luiz Felipe, Zé Roberto e Léo Coelho; Éder (Yan Philippe), Jean (Rafael Carioca), Washington e Rafael Costa (Marcos Paraná) e Fernandes; Fernando Viana e Henrique
Técnico: Nedo Xavier

BOTAFOGO: Renan; Gilberto, Renan Fonseca, Diego Giaretta e Pedro Rosa; Marcelo Mattos, Willian Arão, Diego Jardel (Lulinha) e Elvis (Tomas); Rodrigo Pimpão e Bill (Roger Carvalho)
Técnico: René Simões

Comentários

Pimpão faz nos acréscimos, Botafogo vence o Paraná e assume a liderança

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.