Wawrinka vence a 1ª sobre Federer em Grand Slams e vai à semi pela primeira vez em Paris

ESPN.com.br
Veja lances de Kei Nishikori 2 x 3 Jo-Wilfried Tsonga e Stan Wawrinka 3 x 0 Roger Federer

Em duelo de suíços no saibro parisiense nesta terça-feira, deu Stan Wawrinka. Nono melhor tenista do mundo venceu o compatriota Roger Federer - segundo no ranking da ATP - por 3 sets a 0, parciais de 6/4, 6/3 e 7/6 [7/4], e está classificado para as semifinais do Roland Garros 2015.

Antes, os dois já haviam se enfrentado quatro vezes em confrontos válidos por Grand Slam, e Wawrinka perdeu todos, tendo quebrado o 'tabu' em Paris. Federer vinha de vitórias no Roland Garros de 2010 (por 3 a 0), no Australian Open de 2011 (3 a 0), também na França em 2011 (3 a 0) e em Wimbledon no ano passado (3 a 1).

Esse foi o 19º confronto entre os dois. Wawrinka diminuiu a diferença, mas ainda está em grande desvantagem: conseguiu apenas sua terceira vitória contra Federer na história, já tendo sofrido, portanto, nada menos que 16 derrotas. O último duelo entre eles havia sido no Masters 1000 de Roma, no início de maio, com 2 a 0 para Federer nas semifinais.

Com a vaga na semi, Wawrinka já registra sua melhor campanha no Grand Slam Francês até hoje. Seu melhor resultado havia sido as quartas de final de 2013, quando foi eliminado pelo espanhol Rafael Nadal por 3 sets a 0, parciais de 6/2, 6/3 e 6/1.

"Hoje fiz meu melhor jogo em Grand Slam no saibro. É o melhor dia da minha vida. Tudo funcionou... mental e técnica . Quando você joga contra um jogador do nível do Federer, que tenta te fazer jogar mal, é muito dificil. Mas hoje eu fiz um jogo incrível", comemotou Wawrinka.

Pela primeira vez nas semifinais do Roland Garros, Wawrinka vai enfrentar o francês francês Jo-Wilfried Tsonga, que se venceu o japonês Kei Nishikori por 3 sets a 2.

O jogo

Wawrinka fez um jogo quase perfeito contra Federer, que começou com dificuldades para confirmar seu serviço - no primeiro game, demorou quase dez minutos. Mesmo assim, saiu na frente. Mas o rival conseguiu uma quebra no terceiro game e daí para frente não meu mais chances.

O segundo set foi ainda mais fácil para Wawrinka, que contou com 15 erros não forçados do adversário. Em apenas 34 minutos, Wawrinka fechou em 6/3, tendo conseguido duas quebras de serviço.

Na terceira parcial, Federer resolveu reagir e equilibrou o duelo, arrancando um tie-break. No momento decisivo, Wawrinka aplicou um voleio para fazer 7/5 e desempatar, depois de ter desperdiçado um match point.

Comentários

Wawrinka vence a 1ª sobre Federer em Grand Slams e vai à semi pela primeira vez em Paris

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.