Polícia se mobiliza para evitar invasão de corintianos; saída de ônibus vira alvo

Camila Mattoso e Marcus Alves, de São Paulo (SP), para o ESPN.com.br
Torcedores do Corinthians gritam 'Andrés, aqui não tem burguês' e xingam jogadores

A derrota para o arquirrival Palmeiras, em plena Arena Corinthians, gerou instantaneamente um ambiente tenso para o clube do Parque São Jorge. No início da noite deste domingo, poucos instantes depois do triunfo alviverde por 2 a 0, a Polícia Militar se mobilizou e procurou cercar uma das garagens do estádio, justamente pela qual o ônibus da delegação corintiana deixará o local.

Em um clima tenso, um número estimado de 1.000 torcedores protestam contra a atual situação do clube; eliminado da Libertadores pelo surpreendente Guarani, o Corinthians passa por um momento conturbado fora dos gramados - perdeu somente nesta semana os atacantes Paolo Guerrero e Emerson Sheik, heróis do Mundial e do torneio sul-americano em 2012, mas que não terão os contratos renovados.

A primeira derrota corintiana no Brasileiro gerou gritos de ‘vamos jogar bola, ô,ô,ô', "Ai, mais que saudade, quando o Corinthians jogava com vontade" e 'Bando de c..., pega as suas coisas e vai para fora do Timão'. O revés pode ser considerado o segundo consecutivo em casa para o arquirrival, o que contribui para o clima quente envolvendo torcida e elenco - no Campeonato Paulista, o Palmeiras eliminou o Corinthians nos pênaltis.

Repórter da ESPN explica tentativa de invasão de corintianos

O protesto, no entanto, não atingiu apenas os jogadores. O superintendente Andrés Sánchez foi um dos alvos dos gritos revoltados. "Andrés, aqui não tem burguês", entoaram os corintianos contra o preço dos ingressos. O grupo ainda pediu uma maior claridade sobre a situação financeira do clube: "Cadê a transparência?".

Camila Mattoso/ESPN.com.br
Torcida garagem Corinthians x Palmeiras
Torcedores se concentraram na entrada da garagem

Segundo a polícia, os torcedores aguardam a saída do ônibus dos jogadores para protestar ainda mais. Os militares se mobilizam para tentar segurar o ímpeto dos corintianos insatisfeitos. A delegação ainda deve demorar um pouco para deixar a Arena, já que o técnico Tite chegou para a entrevista coletiva pouco depois das 19h.

Com o resultado ruim deste domingo, o Corinthians segue com sete pontos no Campeonato Brasileiro. Depois de vencer nas duas primeiras rodadas, o clube alvinegro já soma dois tropeços; antes da derrota no dérbi, o time ficou no empate sem gols com o Fluminense, há uma semana.

Veja imagens do drone com a camisa do Guaraní-PAR que sobrevoou a Arena Corinthians
Comentários

Polícia se mobiliza para evitar invasão de corintianos; saída de ônibus vira alvo

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.