Bellucci para em Nishikori, encerra sequência positiva e dá adeus ao Roland Garros

ESPN.com.br
Confira lances de Kei Nishikori 3 x 0 Thomaz Bellucci

Depois de seis vitórias consecutivas, a boa sequência de Thomaz Bellucci foi encerrada nesta quarta-feira. Melhor tenista brasileiro e número 40 no ranking mundial, o paulista começou bem, mas deixou seu desempenho cair e foi derrotado pelo japonês Kei Nishikori por 3 sets a 0, parciais de 7/5, 6/4 e 6/4, e está eliminado do Roland Garros 2015.

Antes de desembarcar na França e estrear com vitória sobre o austríaco Marinko Matosevic, Bellucci havia vencido cinco jogos no ATP 250 de Genebra, na Suíça, onde foi campeão no último sábado.

Bellucci e o japonês - 5º no ranking da ATP e cabeça de chave 5 em Paris - haviam se enfrentado apenas uma vez, há 8 anos, em 2007, no Challenger de Bogotá. A melhor série do paulista de Tietê no Grand Slam francês foi em 2010, quando parou nas oitavas de final.

Bellucci começou bem no jogo, mas viu Nishikori crescer no primeiro set, o mais longo dos três. O brasileiro saiu de 0/30 e foi obrigado a salvar um break point logo no primeiro game; buscou a virada e confirmou seu serviço.

Os dois conseguiram confirmar seus saques sem dificuldades. O japonês fez uma linda paralela para empatar a parcial em 4/4. No game seguinte, Bellucci perdia por 0/40 e deixou tudo igual, salvando cinco break-points para fazer 5/4. Na sequência, Nishikori teve uma quebra e confirmou o serviço para vencer.

Na segunda parcial, O asiático abriu 5/1 com duas quebras, enfrentando o paulista visivelmente cansado. Mas Bellucci buscou a reação, devolveu uma das quebras e fez 5/4. Sem problemas, Nishikori confirmou seu saque e fechou 6/4.

No terceiro set, o paulista manteve os erros no saque e sofreu duas quebras, a primeira  no terceiro game e a segunda no sétimo, em que Nishikori abriu 5/2 e sacou em seguida. O japonês vacilou na primeira vez que serviu para o jogo, mas na segunda oportunidade não desperdiçou.

"Comecei jogando bem, mas cometi uns erros no final do primeiro set e início do segundo e terceiro sets que me custaram o jogo. Não saquei tão bem quanto vinha sacando e isso me deixou em situações complicadas. É difícil jogar atrás do placar contra qualquer jogador, mas principalmente contra os caras tops que te dão muito poucas chances", avaliou o tenista número 1 do Brasil.

Nishikori vai enfrentar o alemão Benjamin Becker (48º) na terceira rodada, que venceu o espanhol Fernando Verdasco (33º) por 3 a 2, com parciais 6/4, 0/6, 1/6, 7/5 e 10/8. Enquanto isso, Bellucci, ao lado do português João Sousa, estreia na chave de duplas ainda nesta quarta-feira, contra o britânico Jamie Murray e o australiano John Peers, cabeças de chave 11.

"Ainda jogo duplas hoje, mas o balanço que eu faço dessa gira no saibro é muito positivo. Comecei fora dos 80 melhores do mundo, mas confiante que conseguiria reverter um começo de ano não tão bom. Foram seis semanas muito produtivas que me colocaram de volta entre os 40 melhores do mundo e me deram a confiança que estou no caminho certo. Para mim o ano está só começando!", completou Bellucci.

Comentários

Bellucci para em Nishikori, encerra sequência positiva e dá adeus ao Roland Garros

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.