Medina é eliminado por novato, frustra multidão no Rio e segue em má fase

Tiago Leme, do Rio de Janeiro (RJ), para o ESPN.com.br
Getty
Gabriel Medina foi eliminado do Rio Pro na terceira rodada, nesta sexta
Gabriel Medina foi eliminado do Rio Pro na terceira rodada, nesta sexta

A multidão que encheu a praia para ver um novo ídolo nacional se frustrou. Apesar dos gritos e do apoio de centenas de torcedores, Gabriel Medina está fora da etapa do Rio de Janeiro do Circuito Mundial de surfe. Nesta sexta-feira, na última bateria da terceira rodada, o atual campeão do WCT decepcionou o público na Barra da Tijuca e acabou eliminado pelo havaiano Keanu Asing, novato no circuito, com placar de 14,17 a 13,60.

Com o resultado, Medina segue seu ‘inferno astral' no circuito, com apenas um bom resultado em quatro etapas aqui na temporada em que defende o inédito título conquistado em 2014. Assim como no Rio, em Gold Coast, o brasileiro também foi 13º lugar. Em Margaret River, apenas 25º.

O melhor resultado do jovem de 21 anos no ano aconteceu na segunda etapa do WCT, em Bells Beach, na Austrália, quando caiu nas quartas de final e foi quinto colocado. Para comparação, contudo, na temporada do título, Medina acumulou um título, um 5º, um 9º e um 13º lugares nessas etapas.

Nesta sexta, Medina conseguiu em sua melhor onda um 7,10, que combinou com um 6,5 para ter sua pontuação final. Ao todo, foram 15 ondas surfadas pelo brasileiro para tentar virar sobre Asing, que embalou duas boas ondas em sequência, para conseguir a melhor nota da bateria (8,6) ao acertar um belo aéreo, além de um 5,57. Faltando cerca de dez minutos para o fim, o campeão mundial precisava de uma nota 7,08 para virar o duelo, mas conseguiu no máximo um 6,40 e acabou derrotado.

Getty
Keanu Asing venceu Medina nesta sexta
Keanu Asing venceu Medina nesta sexta

"O mar estava com muita correnteza, minha tática não deu certo e eu não consegui encaixar uma boa onda. Mas competição é assim, um dia você ganha, outro dia você perde. A torcida me apoiou, mas infelizmente não consegui ganhar hoje. Agora é voltar para casa, treinar e me preparar para Fiji", lamentou Medina.

A eliminação do melhor surfista de 2014 ainda completa um dia de zebras nas ondas cariocas, já que o norte-americano Kelly Slater, 11 vezes campeão mundial, e o brasileiro Adriano de Souza, o Mineirinho, atual líder do WCT, também se despediram nesta terceira rodada.

A queda nesta etapa da competição rende ao surfista 1.750 pontos. Com os 7.450 que já tem, Medina sairá do Rio com 9.200 pontos, marca que o manterá longe do top 10 - atualmente é 16º. Mineirinho lidera com 26.250 pontos e torce contra o título do australiano Mick Fanning, único que pode lhe tomar a ponta.

Aéreo de 360º de Filipe Toledo e rotação completa de Ítalo Ferreira; veja as manobras do dia 

Confira os resultados da terceira rodada:

1: John John Florence (HAV) 18,77 x 12,67 Adam Melling (AUS)
2: Filipe Toledo (BRA) 15,60 x 11,34 Wiggolly Dantas (BRA)
3: Kelly Slater (EUA) 6,70 x 10,80 Matt Banting (AUS)
4: Nat Young (EUA) 11,00 x 15,50 Ítalo Ferreira (BRA)
5: Sebastiean Zietz (HAV) 9,90 x 14,50 Jadson André (BRA)
6: Adriano de Souza (BRA) 13,90 x 16,57 Ricardo Christie (NZL)
7: Mick Fanning (AUS) 11,46 x 10,80 Dusty Payne (HAV)
8: Bede Durbidge (AUS) 12,73 x 10,77 Jeremy Flores (FRA)
9: Josh Kerr (AUS) 12,34 x 7,86 Kai Otton (AUS)
10: Taj Burrow (AUS) 11,94 x 15,60 Matt Wilkinson (AUS)
11: Owen Wright (AUS) 13,50 x 8,06 Adrian Buchan (AUS)
12: Gabriel Medina (BRA) 13,60 x 14,17 Keanu Asing (HAV)

Após eliminação, Gabriel Medina se justifica: 'O mar está difícil'
Tiago Leme/ESPN
Torcedores encheram a praia da Barra
Torcedores encheram a praia da Barra
Comentários

Medina é eliminado por novato, frustra multidão no Rio e segue em má fase

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.