Com portões fechados, Pituaçu recebe Bahia e Mogi Mirim pela Série B

ESPN.com.br com agência Gazeta Press
Divulgação
Bahia joga com os portões fechados nesta sexta
Bahia joga com os portões fechados nesta sexta

Buscando apagar a imagem negativa deixada na estreia da Série B do Brasileirão, Bahia e Mogi Mirim se enfrentam nesta sexta-feira, às 19h30 (de Brasília), abrindo a segunda rodada da competição. Palco do confronto, o Estádio de Pituaçu terá os portões fechados.

Na primeira rodada, o Bahia ficou apenas no empate em 1 a 1 com o América-MG, no Independência. Já o Mogi Mirim perdeu para o Criciúma por 2 a 1, em pleno Romildo Ferreira. Os resultados deixaram as duas equipes em 10º e 12º lugar, respectivamente.

O Bahia corre para tentar regularizar no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF o registro de seus três reforços mais recentes: o meia Eduardo e os laterais Adriano e Marlon. Opção para o lado esquerdo, o último citado é o principal motivo da pressa do Bahia, que vê a função como um dos problemas do time desde o início da temporada - Bruno Paulista, Carlos, Patric e Raul já atuaram na posição.

"Com certeza estou pronto. Acredito que a única coisa que falta é a liberação do meu nome no BID para que eu possa atuar, mas estou bem psicológica e fisicamente", declarou o recém-chegado, que não vê problemas na determinação que obriga o time a atuar sem torcida.

"No ano passado, o Vasco também estreou na Série B com os portões fechados, e acabei fazendo dois gols. Espero que eu consiga fazer aqui o que fiz lá, para que possa dar alegrias ao nosso torcedor logo de cara", completou.

Do lado do Mogi Mirim, até mesmo os problemas são resolvidos em família. Lesionado pela primeira vez na carreira, o jovem Romildo Neto, sobrinho de Rivaldo, ficará afastado dos gramados por um mês. A contusão pode acelerar a integração de outro parente do pentacampeão mundial: seu filho, Rivaldo Júnior.

Para o alívio do técnico Edinho - que, por sua vez, é filho do Rei Pelé -, entretanto, os meias Élvis, Everton Heleno e Geovane devem ser liberados pelo departamento médico. O treinador tem buscado privacidade nos últimos trabalhos, fechando as atividades. Na quarta-feira, o grupo participou de um coletivo; nesta quinta, pela manhã, foi a vez do treino técnico.

FICHA TÉCNICA:
BAHIA X MOGI MIRIM

Local: Estádio de Pituaçu, em Salvador (BA)
Data: 15 de maio de 2015 (sexta-feira)
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Rogerio Lima da Rocha (SE)
Assistentes: Daniel Vidal Pimentel (SE) e Rodrigo Guimarães Pereira (SE)

BAHIA: Jean; Tony, Robson, Titi e Patric (Marlon); Bruno Paulista, Wilson Pittoni, Tiago Real e Zé Roberto; Maxi Biancucchi e Kieza
Técnico: Sérgio Soares

MOGI MIRIM: Daniel; Edson Ratinho, Fábio Sanches, Wagner e Leonardo; Léo Bartholo, Magal e Gustavo Costa; Geovane, Magrão e Valdir
Técnico: Edinho

Comentários

Com portões fechados, Pituaçu recebe Bahia e Mogi Mirim pela Série B

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.