Sem Corinthians, CBF reúne técnicos da elite com direito a homenagem a Felipão

Tiago Leme, do Rio de Janeiro (RJ), para o ESPN.com.br
Divulgação
Luiz Felipe Scolari, Dunga e Marco Polo del Nero durante encontro de técnicos na CBF
Luiz Felipe Scolari, Dunga e Marco Polo del Nero durante encontro de técnicos na CBF

A CBF promoveu nesta segunda-feira um encontro entre os técnicos da Primeira Divisão do futebol brasileiro. Dos 20 clubes da Série A, apenas três não mandaram representantes. Não estiveram presentes os treinadores de Corinthians (Tite), Atlético-PR (Milton Mendes) e Figueirense (Argel). Essa é a segunda vez que o Alvinegro paulista é ausência no Rio de Janeiro - nenhum dirigente foi na posse do presidente Marco Polo Del Nero na semana retrasada, e o superintendente Andrés Sanchez declarou que o cartola não merecia.

De acordo com a assessoria de imprensa do Corinthians, a falta de Tite não é nenhum boicote do clube à CBF. Depois de dar folga aos jogadores na sexta-feira à tarde, sábado e domingo, o treinador comandou treino em dois períodos nesta segunda no CT do Parque Ecológico, em São Paulo, e entendeu que não poderia se ausentar da atividade com a equipe. Já o Atlético-PR tem jogo nesta terça, contra o Tupi-MG, pela Copa do Brasil, por isso Milton Mendes não viajou ao Rio. E Argel teria batido o carro, sem gravidade, em Florianópolis a caminho do aeroporto.

Essa também foi a primeira vez que Luiz Felipe Scolari se encontrou com a direção da confederação, agora sem José Maria Marin, após o fracasso na Copa do Mundo de 2014, que teve o 7 a 1 para a Alemanha na semifinal, no Mineirão.

O ex-seleção, hoje no Grêmio, aliás, foi homenageado, sendo convidado a sentar na mesa principal, no palco, com Dunga, Del Nero, com o secretário-geral, Walter Feldman, e com o coordenador geral de Seleções, Gilmar Rinaldi. 

"Sou o último treinador da Seleção Brasileira a perder uma Copa do Mundo mas, ao mesmo tempo, sou o último a vencer (em 2002 na Coreia do Sul e no Japão)", disse Felipão, ao site da CBF, que na semana da cerimônia de posse de Marco Polo foi alfinetado.

"A derrota para a Alemanha não mudou o futebol brasileiro. Continuamos tendo grandes técnicos, excelentes jogadores. Mas claro, temos que evoluir sempre, e é isso que este encontro nos proporcionará", completou.

Na abertura do evento, o presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, falou sobre o objetivo do encontro: "Queremos ouvir vocês. Queremos críticas. O objetivo deste encontro é justamente esse. Saber o que vocês pensam para podermos evoluir sempre".

Divulgação
Técnicos de 17 dos 20 times da Série A do Brasileirão: Atlético-PR, Corinthians e Figueirense não estavam presentes
Técnicos de 17 dos 20 times da Série A do Brasileirão: Atlético-PR, Corinthians e Figueirense não estavam presentes
Comentários

Sem Corinthians, CBF reúne técnicos da elite com direito a homenagem a Felipão

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.