Lucas revela o outro Ibrahimovic: amigo, conselheiro e 'supertranquilo'

Thiago Cara, do ESPN.com.br
Em entrevista exclusiva, Lucas revela amizade com Ibra e lamenta desfalque na Champions

O PSG que entra em campo nesta quarta-feira, no primeiro jogo das quartas de final da Uefa Champions League, contra o Barcelona, não poderá contar com Zlatan Ibrahimovic, expulso nas oitavas de final. No Francês, o tempo de desfalque é ainda maior, por conta de uma reclamação polêmica - e ofensiva.

Em um momento que a temporada entra em usa reta decisiva, Ibrahimovic poderia ser visto como um jogador que deixou seu time na mão. Com a imagem construída de um homem arrogante e de ego inflado, a conclusão poderia ser ainda mais drástica aos olhos de quem vê tudo de fora.

Mas, dentro do vestiário do PSG, teria Ibrahimovic a mesma faceta que demonstra em meio a tantas polêmicas? O brasileiro Lucas garante que não. Em entrevista exclusiva ao ESPN.com.br, o atacante revela o outro lado do sueco, um "grande amigo", conselheiro e - acredite - "supertranquilo".

"A gente se dá muito bem, é um grande amigo. Às vezes as pessoas têm uma imagem tirando pelo que vem dentro do campo. Fora, ele é supertranquilo, a gente conversa, ele me dá conselhos. É uma amizade muito bacana, ele me respeita, eu respeito ele também", disse o ex-são-paulino.

O próprio Lucas, inclusive, conheceu o lado polêmico de Ibrahimovic antes mesmo de os dois serem apresentados. Quando surgiu a notícia de que o PSG pagaria valor astronômico para tirar o brasileiro do São Paulo, o astro advertiu que só soube que o jovem "era caro", então, teria que ser bom.

A declaração pode ter causado algum ruído, mas não fez estrago. Já no terceiro ano vestindo a camisa do PSG, Lucas parece ter aprendido a lidar com o sueco. E garante que é assim com todo os outros jogadores, que apoiam Ibra até mesmo na polêmica declaração que lhe rendeu gancho no Francês.

"Todo mundo sabe o jeito que o Ibra tem. Ainda mais em um jogo que você está disputando a liderança e acabam acontecendo erros. Com ele, não tem essa, se tiver que falar, ele fala. Tem essa personalidade. De cabeça quente, acabou falando um monte de coisas, mas todo mundo está com ele. É nosso amigo".

A controvérsia em questão aconteceu em março, após a derrota por 3 a 2 do PSG diante do Bordeaux. Revoltado após a partida, Ibra foi flagrado por uma câmera chamando a França de "país de m..." - em um inglês confuso, é verdade. As desculpas não serviram, e ele acabou suspenso por quatro jogos.

O episódio deixou claro que, nervoso, Ibrahimovic, não é o mais indicado a falar sobre outros países. Mas, no dia-a-dia dos treinos, com a experiência de quem já jogou na Holanda, Itália e Espanha, ele aconselha Lucas. "Procuro saber como foi a passagem dele por outros clubes. Me acrescenta muito".

Seja dentro ou fora do vestiário do PSG, uma coisa é certa: Ibra fará falta ao PSG nesta quarta. E isso nem Lucas questiona. "É o nosso goleador, nossa referência. Pela confiança que ele nos dá, o respeito que os adversários têm por ele, faz muita falta", disse. "Mas temos um bom elenco", adcionou.

Comentários

Lucas revela o outro Ibrahimovic: amigo, conselheiro e 'supertranquilo'

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.