FMF marca clássico para domingo e provoca revolta no Cruzeiro

ESPN.com.br com Gazeta Press
Pedro Vilela/Getty Images
Cruzeiro jogará pela Libertadores dois dias depois da semi do Mineiro
Cruzeiro jogará pela Libertadores dois dias depois da semi do Mineiro

A Federação Mineira de futebol (FMF) confirmou nesta segunda-feira que o clássico entre Atlético-MG e Cruzeiro, pela semifinal do Mineiro, será realizado no domingo, o que revoltou o presidente da equipe celeste, Gilvan de Pinho Tavares, que queria a partida de volta no sábado já que o time terá compromisso pela Libertadores na terça.

A entidade máxima do futebol mineiro alega que a emissora de televisão detentora dos direitos de transmissão da competição pediu que a partida fosse realizada no domingo. Além disso, a FMF fala que pediu a Conmebol para transferir o jogo entre Cruzeiro e Universitário de Sucre para quarta-feira, mas que não obteve resposta da Confederação Sul-Americana.

Diante da situação, o presidente do Cruzeiro acusou a FMF de favorecer o Atlético-MG. Segundo ele, o dirigente máximo da FMF, Castellar Guimarães, tinha assumido o compromisso de marcar o clássico para sábado, o que fez o time iniciar a comercialização de ingressos, gerando revolta na cúpula celeste.

"Estou estarrecido. Havia conversado com o presidente da FMF e ele me garantiu que não prejudicaria o Cruzeiro duas vezes seguidas. Já vendemos ingresso contando que a partida seria sábado, justamente, por garantias dadas pelo senhor Castellar Guimarães de que o jogo não seria domingo. Agora, eles marcam o jogo para domingo mostrando total medo do Atlético-MG, que reclamou da arbitragem", declarou.

O presidente celeste ainda acusou a FMF de ser atleticana, e prometeu procurar a emissora de televisão para tentar mudar a data do jogo. "A televisão não iria se opor ao jogo no sábado, a FMF se opôs por medo do Atlético-MG. O torcedor do Cruzeiro precisa saber, não temos federação de clubes, temos a Federação Atleticana de Futebol", disparou.

Comentários

FMF marca clássico para domingo e provoca revolta no Cruzeiro

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.