Pinheiros é campeão do Maria Lenk, e Cielo termina sem ouros

ESPN.com.br com agência Gazeta Press
Sátiro Sodré/CBDA
Atletas do Pinheiros comemoram títutlo no Maria Lenk
Atletas do Pinheiros comemoram títutlo no Maria Lenk

O Esporte Clube Pinheiros pode festejar: sagrou-se pela 14ª vez campeão do Troféu Maria Lenk e, de quebra, virou o maior vencedor da história do torneio. O time paulista só assumiu a primeira colocação neste sábado após vacilos do Minas, de César Cielo e Thiago Pereira. O Corinthians completou o pódio de clubes com o terceiro lugar.

O desapontamento ficou por conta do principal nadador brasileiro atualmente, Cesar Cielo. Em provas individuais, o campeão olímpico não foi ao lugar mais alto do pódio no Fluminense. No entanto, o atleta levou o ouro em provas coletivas, como o revezamento 4x100m Medley.

Neste sábado, Cielo acabou vendo Matheus Santana, de apenas 19 anos, vencê-lo nos 100m livre, com o tempo de 48s78. Cesar levou a prata, com a marca de 48s97, seguido por João de Lucca, do Pinheiros, com 49s15.

Sendo assim, Matheus conquistou uma vaga no revezamento 4x100m livre do Mundial de Kazan, na Rússia, em agosto, além de um lugar na modalidade nos Jogos Pan-Americanos de Toronto, em julho, caso Cielo realmente não viaja ao Canadá. A melhor opção de equipe para a Seleção Brasileira disputar o 4x100m livre em Kazan, após os resultados do Torneio Open de dezembro passado e do Maria Lenk deste ano, seria: Bruno Fratus (48s57), Cesar Cielo (48s58), Matheus Santana (48s78) e Marcelo Chierighini (49s06).

"Consegui voltar bem, vi que passei um pouco atrás, mas voltei forte e graças a Deus consegui bater na frente. Estou muito feliz com o revezamento. Não sei se o Cesar vai nadar a prova (100m livre individual nos Jogos Pan-Americanos), então de repente eu nade a prova individual também. Estou ficando mais confiante", analisou o jovem nadador.

 

"Pressão é uma coisa que todo o atleta tem que saber lidar. Agora é treinar, reunir a equipe e se unir pra conseguir um lugar no pódio. O Mundial é a principal competição deste ano e vai ser uma prévia pra Olimpíada. Foi muito especial hoje. A prova de hoje foi muito especial, tinha muita gente que eu via nadar na televisão, mas mais especial foi ver toda a minha família na arquibancada", completou Matheus Santana.

Destaque do Maria Lenk, Leonardo de Deus conquistou mais um ouro - este foi o terceiro - nas piscinas do Fluminense após vencer a prova dos 200m costas. Na versão feminina da prova, Joanna Maranhão ficou em primeiro lugar. A pernambucana foi protagonista de um ato polêmico. Após vencer, a atleta pediu silêncio em direção à torcida.

Abaixo, veja todos os resultados deste sábado, o último dia do Troféu Maria Lenk 2015:

100m livre feminino

1) Larissa Oliveira - Pinheiros - 55s11
2) Daynara paula - Sesi - 55s34
3) Manuella Lyrio - Pinheiros - 55s55

100m livre masculino

1) Matheus de Santana - Unisanta - 48s78
2) Cesar Cielo - FiatMinas - 48s97
3 ) João de Luca - Pinheiros - 49s15

50m peito feminino

1) Jhennifer da Conceição - Flamengo - 31s61
2) Ana Carla Carvalho - Pinheiros - 31s92
3) Julian Sebastian (ARG) - 31s99

50m peito masculino

1) Felipe França - Corinthians - 27s07
2) Felipe Lima - Minas - 27s39
3) Rafael Rodrigues - Unisanta - 27s69

200m costas feminino

1) Joanna Maranhão - Pinheiros - 2m12s47
2) Andrea Berrino - Unisanta - 2m15s79
3) Natalia de Lucas - Corinthians - 2m17s26

200m costas masculino

1) Leonardo de Deus - Corinthians - 1m58s89
2) Fabio Santi - Pinheiros - 2m01s27
3) Nathan Bigetti - Minas - 2m01s43

4x100m medley revezamento feminino

Sesi - 4m06s88
Pinheiros - 4m08s36
Minas - 4m09s93

4x100m medley revezamento masculino

Minas - 3m35s20
Pinheiros - 3m35s47
Corinthians - 3m38s68

Comentários

Pinheiros é campeão do Maria Lenk, e Cielo termina sem ouros

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.