Falido e 'rebaixado', Parma derruba série invicta de 20 jogos da Juventus

ESPN.com.br
Getty Images
Italiano Parma Juventus Llorente 11/04/15
Atacante Llorente lamenta a derrota da Juventus para o Parma; fim da série invicta 

A Juventus de melhor ataque, melhor defesa e virtual campeã do Campeonato Italiano conseguiu o improvável neste sábado. Justamente contra um Parma falido e praticamente rebaixado, o time de Turim acabou batido por 1 a 0 em duelo da 30ª rodada no Ennio Tardini, em Parma, e perdeu uma série incrível de invencibilidade, além de ir com o moral abalado para o duelo das quartas de final da Uefa Champions League contra o Monaco, na próxima terça-feira.

Já eram 20 partidas sem derrota na disputa nacional, sendo 14 triunfos e seis empates. O útimo revés, até então único no Calcio, fora o 1 a 0 para o Genoa fora de casa, em 29 de outubro do ano passado.

Getty Images
Italiano Parma Jose Mauri (à esq.) Zouhair Feddal Juventus 11/04/15
Mauri (à esq.) celebra seu gol com Feddal  

Sem Tevez, poupado após se recuperar de um estiramento muscular em uma das coxas, a Juventus tomou o gol da derrota aos 15 minutos do segundo tempo, quando em ótima jogada de contra-ataque rival, a bola foi rolada da direita por Belfodi na entrada da área para o meia-atacante José Mauri chapar de esquerda no ângulo direito do goleiro Storari.

Uma bela finalização do argentino naturalizado italiano de apenas 18 anos.

Veja como foi o jogo, lance a lance

O técnico Massimiliano Allegri fez as três alterações, colocando Morata no lugar de Roberto Pereyra, aos 17, Pepe no de Sturaro, aos 22, e Vitale no de Coman, aos 35, na tentativa de buscar a reação, que não veio.

Em termos de título, praticamente nada muda para a Juve, que soma 70 pontos e tem 14 de vantagem para a Roma, segunda na tabela e que visita o Torino às 10h deste domingo. Mesmo que vença, o time da capital ainda ficará 11 atrás. 

Com o resultado, o Parma, que até a segunda quinzena de fevereiro devia mais de 20 milhões de euros, consegue pela primeira vez neste Italiano encaixar uma série de três confrontos seguidos sem derrota (batera a Udinese na última rodada e empatara com a Inter de Milão na penúltima) e também de dois triunfos seguidos. Por conta do que deve, o clube foi dissolvido, o que leva ao rebaixamento, embora a Liga italiana ainda não tenha se manifestado oficilamente sobre o assunto. 

A equipe ainda celebra sua quinta vitória em 30 jogos - havia batido o Chievo (3 a 2), a Inter de Milão (2 a 0), a Fiorentina (1 a 0) e a Udinese (1 a 0) - e chega a 16 pontos, ficando ainda a cinco do Cagliari (21), penúltimo e que ao mesmo tempo perdeu por 2 a 0 para o Genoa, gols de Niang e Falque.  

A Juventus agora se volta para o compromisso de terça-feira, às 15h45, contra o Monaco, válido pela ida das quartas de final da Champions e que será disputado no Juventus Stadium, em Turim. Tevez deve atuar.

O Parma volta a campo apenas no outro domingo, dia 19, quando visitará o Empoli às 10h, pela 31ª rodada do Italiano.

O jogo - Se no primeiro turno a goleada por 7 a 0 da Juve sobre o Parma pareceu digna da disparidade entre os dois times, o duelo deste sábado começou de modo diferente. Mesmo com a crise, a torcida mandante lotou o estádio Ennio Tardini, e os jogadores corresponderam em campo. A Juventus, apesar de dominar a posse de bola, esbarrava em um Parma aguerrido e disposto a terminar a Serie A de forma honrada.

Getty Images
Italiano Parma Torcida Bandeira Juventus 11/04/15
Torcida do Parma compareceu e ainda hasteou bandeira

Apostando nos contra-ataques, os mandantes assustaram logo aos 5 minutos. Aproveitando uma falha de Vidal na defesa, Gobbi lançou na área para Varela, mas o português não alcançou e perdeu a chance de finalizar. Aos 22, Belfodil entrou na área, cortou Chiellini e bateu muito perto do gol defendido por Storari.

Entretanto, foram poucas as chances do Parma. Com 11 finalizações nos primeiros 45 minutos e quase 80% de posse de bola, a Juve dominou, mas sofreu com uma atuação inspirada do goleiro Mirante. Aos 20 minutos, o arqueiro voou no canto direito para defender um chute de Pereyra e, aos 35, teve de esticar a perna esquerda para salvar uma tentativa de Vidal, após cobrança de falta da direita. No último lance do primeiro tempo, ainda houve tempo de Mirante realizar mais uma boa intervenção, desta vez em um chute do francês Coman.

Na segunda etapa, tudo parecia igual. A equipe visitante seguia com mais posse e trabalhando a bola no campo de ataque. Porém, o Parma estava disposto a surpreender. Aos 15 minutos, contra-ataque dos mandantes, Belfodil recebeu do lado direito e rolou para Mauri chegar batendo, preciso, no ângulo direito de Storari, para explodir a torcida gialloblú.

Massimiliano Allegri promoveu as entradas de Morata e Pepe, dando mais ofensividade à equipe. Mas o ataque bianconero não conseguia furar o forte bloqueio dos mandantes, que se seguraram para chegar à histórica vitória.

Comentários

Falido e 'rebaixado', Parma derruba série invicta de 20 jogos da Juventus

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.