Muricy volta a entregar o cargo; diretoria do São Paulo analisa

André Plihal, para o ESPN.com.br
Muricy Ramalho nega que entregou o cargo novamente no São Paulo

A derrota do São Paulo para o Botafogo-SP neste domingo pode ter sido a última com Muricy Ramalho à beira do campo. Segundo a informação de um dirigente do clube, o treinador voltou a entregar o cargo. O comandante, no entanto, negou a informação.

O presidente Carlos Miguel Aidar voltou de Ribeirão Preto-SP, onde a equipe atuou, com Ataíde Gil Guerreiro, vice de futebol, e Gustavo Vieira de Oliveira, gerente de futebol, no mesmo carro, enquanto Muricy retornou no ônibus da equipe com o restante da delegação.

Esta seria a segunda vez que o treinador deixaria seu emprego nas mãos dos diretores da equipe paulista em menos de 15 dias. Depois da derrota de 3 a 0 conta o Palmeiras, Muricy teve uma longa conversa com os comandantes do São Paulo, que optaram pela sua permanência.

O São Paulo foi derrotado pelo Botafogo-SP por 2 a 0 neste domingo, em jogo válido pelo Campeonato Paulista. Na última quarta-feira, a equipe foi batida pelo San Lorenzo na Argentina, resultado que deixou incerta a classificação do clube na Libertadores.

Após a partida deste domingo, Muricy Ramalho, com um semblante abatido, declarou que estava envergonhado com o atual momento do São Paulo e que a única solução para a equipe neste momento é jogar mais.

Comentários

Muricy volta a entregar o cargo; diretoria do São Paulo analisa

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.