Juntos, grandes de SP somaram prejuízo de R$ 204 milhões em 2014

Antônio Strini, do ESPN.com.br
Arte ESPN
Presidentes dos quatro grandes clubes de São Paulo: déficits milionários em 2014
Presidentes dos quatro grandes clubes de São Paulo: déficits milionários em 2014

Em época de debate sobre responsabilidade fiscal no esporte, os quatro grandes clubes de São Paulo não têm o que comemorar quando o assunto é o balanço financeiro de 2014: todos tiveram déficits na casa dos milhões de reais.

Somados, eles sofreram prejuízos de pelo menos R$ 204 milhões.

A realidade é bem diferente da de 2013, quando ao menos Corinthians e São Paulo tiveram superávit, e os débitos de Palmeiras e Santos foram menores.

Em janeiro, reportagem do ESPN.com.br mostrou que o time de Parque São Jorge fechou o ano passado, o último com Mario Gobbi como presidente, com prejuízo de R$ 90 milhões - cerca de R$ 50 milhões foram destinados ao Refis, programa do governo federal de refinanciamento da dívida fiscal.

Na última reunião do Conselho Deliberativo, o São Paulo apresentou R$ 54 milhões de prejuízo em 2014, mas segundo revelou Jorge Nicola, comentarista dos canais ESPN, em sua coluna no Diário de S.Paulo, ele está na casa dos R$ 100 milhões. O futebol foi o carro-chefe do déficit (R$ 40 milhões), seguido por juros bancários (R$ 34 milhões) - só esses valores já superam o valor oficial.

O Palmeiras fechou a última temporada com um vermelho de R$ 27.694.100,21, sendo que quase R$ 20 milhões deles vieram do esporte (profissional e amador), conforme está explicado no balanço financeiro disponível no site do clube.

Já o Santos ainda não apresentou seu balanço financeiro completo de 2014, mas somando apenas os valores divulgados em seu site do primeiro semestre e do terceiro trimestre o prejuízo acumulado era de R$ 32 milhões.

Em 2013, o São Paulo fechou no azul, R$ 23,5 milhões, impulsionado pela venda de Lucas ao Paris Saint-Germain; o Corinthians teve superávit de R$ 1 milhão; o Palmeiras terminou o ano com prejuízo de R$ 22,6 milhões; e o Santos teve o terceiro pior desempenho financeiro dentre os então 20 times da primeira divisão brasileira, R$ 40,6 milhões de déficit, à frente apenas de Grêmio e Botafogo. 

Comentários

Juntos, grandes de SP somaram prejuízo de R$ 204 milhões em 2014

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.