São Paulo diz que seria burrice sem tamanho demitir Muricy

Camila Mattoso, do ESPN.com.br
Gazeta Press
Muricy durante a partida contra a Ponte, em Campinas, neste domingo
Muricy Ramalho perdeu o seu terceiro clássico do ano nesta quarta-feira

Muricy Ramalho teve mais uma noite complicada nesta quarta-feira, após perder de 3 a 0 para o Palmeiras, no Allianz Parque, com direito a golaço de Robinho, com belo chute do meio de campo, encobrindo Rogério Ceni. Apesar do baque e da terceira derrota em um clássico, o treinador está assegurado no cargo.

A diretoria tricolor terá uma conversa com todo o elenco nesta tarde, para tentar entender o que está acontecendo com o grupo. O objetivo é tentar levantar o astral para a Libertadores - o time enfrenta o San Lorenzo na próxima quarta-feira.

"Não vou falar nada agora. Vou conversar com o grupo mais tarde, com a comissão técnica, com todo mundo. Não faz sentido eu falar com a imprensa antes de falar com eles", disse Ataíde Gil Guerreiro, vice de Futebol do São Paulo, ao atender o telefone na manhã desta quinta-feira.

"A única certeza absoluta que te dou, com toda a garantia do mundo, é de que não haverá nenhuma mudança na comissão técnica. Seria uma burrice sem tamanho. Temos a Libertadores daqui a seis dias', completou, antes de desligar a chamada. 

O time do Morumbi não ganhou nenhum clássico ainda neste ano. Foram três derrotas, duas para o Corinthians e uma para o Palmeiras, e um empate com o Santos.

Maior organizada do clube, a Independente criticou o vice pelas redes sociais e disse que o time é covarde e não tem comando.

Comentários

São Paulo diz que seria burrice sem tamanho demitir Muricy

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.