Governador retira nome de Senna, rebatiza autódromo e homenageia antecessor

ESPN.com.br
Divulgação
Autódromo Internacional de Goiânia
Autódromo Internacional de Goiânia deixará de se chamar Ayrton Senna

Atual governador do estado de Goiás, Marconi Perillo (PSDB) decidiu mudar o nome do Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Goiânia, segundo o jornal "Diário da Manhã", retirando a homenagem a um dos maiores pilotos brasileiros de todos os tempos.

Segundo a publicação, a pista, inaugurada em 1974, irá homenagear Ary Valadão, ex-governador de Goiás e aliado político de Perillo, no seu nome.

Perillo divulgou uma carta para explicar a mudança de nome. "O senhor demonstrou coragem e foi muito digno em seus posicionamentos, fazendo com que a população goiana conhecesse os meandros da política rasteira que nossos adversários usaram e abusaram contra nosso governo e o trabalho que empreendemos para elevar Goiás a significativos patamares do desenvolvimento econômico e social".

"O senhor conhece, como poucos, o trabalho que estamos desenvolvendo em prol da população goiana e, jamais, se absteve de defender nossa atuação e nosso legado do achincalhe promovido pelos nossos adversários, movidos pelo único intuito de ganhar as eleições a qualquer preço", disse o governador em outro trecho.

Nas quatro eleições que disputou e venceu para o governo de Goiás, 1998, 2002, 2010 e 2014, Marconi Perillo contou com o apoio do ex-governador Ary Valadão, de seus familiares, amigos e correligionários políticos.

O autódromo esteve perto de ser demolido em 2011, mas no ano seguinte teve iniciada uma grande reforma concluída no ano passado.

Comentários

Governador retira nome de Senna, rebatiza autódromo e homenageia antecessor

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.