Por gandula, Corinthians é denunciado e pode ter complicações na Libertadores

Camila Mattoso, do ESPN.com.br
Getty
Jogadores do Corinthians comemoram gol na vitória sobre o São Paulo
Jogadores do Corinthians comemoram gol na vitória sobre o São Paulo

Após a estreia com vitória sobre o São Paulo, o Corinthians foi denunciado pela Conmebol e terá de se defender para não sofrer uma punição forte na Copa Libertadores da América. A comissão disciplinar da entidade abriu uma reclamação contra o alvinegro por um lance aos 46 minutos do segundo tempo, quando houve uma confusão com um gandula, expulso pelo árbitro, por ter, segundo o juiz, atrapalhado o andamento do duelo.

No momento da exclusão de campo, o placar já marcava 2 a 0 para os donos da casa, em Itaquera, faltando apenas três minutos para o apito final. A diretoria tem até quarta-feira para enviar as suas justificativas sobre o episódio.

De acordo com o processo da associação sul-americana, o time do Parque São Jorge foi denunciado em dois artigos do Regulamento Disciplinar do torneio:

- por ter "violado as pautas mínimas do que se considera como comportamento aceitável no âmbito do esporte e do futebol organizado";

- e por ter "causado a interrupção ou o abandono de uma partida, ou ser responsável direto ou indireto por isso".

Como o código da Conmebol não prevê penas específicas para cada caso, mas sim penas gerais que são atribuídas de acordo com cada julgamento, a punição para o Corinthians pode variar desde uma advertência, passando por perda de mando ou portões fechados, ou até, em casos mais extremos, a exclusão da competição.

Em contato com a reportagem, o advogado do clube entendeu como absurda a atitude da entidade organizadora da Libertadores e disse que já há uma defesa preparada para livrar o time de qualquer problema nas próximas semanas.

"É um absurdo. Por que um gandula tentaria retardar uma partida aos 46 minutos do segundo tempo, com o placar de 2 a 0? Isso não faz sentido nenhum. É uma atitude absurda da Conmebol", afirmou João Zanforlim.

"Pegamos imagens da nossa câmera do estádio e também da Globo para mostrar o que de fato aconteceu. O gandula joga a bola de volta para o campo, o Paulo Henrique Ganso chuta ela pra fora. Mas isso o juiz não viu. Ele viu o time todo reclamando, e foi lá e expulsou o gandula. As nossas imagens mostram o lance inteiro". completou.

Na primeira partida pela competição, ainda antes da fase de grupos, o alvinegro teve de se defender das expulsões de Fabio Santos e Palo Guerrero. O peruano pegou três jogos de suspensão por causa de um tapa no adversário, que lhe causou a exclusão de campo.

Veja todas as punições previstas no regulamento da competição

a) advertência,

b) repreensão, aviso ou intimação;

c) multa, que nunca será inferior a US$ 100 nem superior a US$ 400.000;

d) anulacão do resultado do jogo;

e) repetição do jogo;

f) dedução de pontos;

g) determinação do resultado do último jogo;

h) obrigação de jogar com portões fechados;

i) fechamento total ou parcial do estádio;

j) proibição de jogar uma partida em um estádio determinado;

k) obrigação de jogar um jogo em um terceiro país;

l) desclassificação de competições em curso e/ou exclusão de futuras competições;

m) retirada de um título ou prêmio;

n) rebaixamento a nível inferior

o) retirada da licença para disputar torneios,

p) proibição de venda e/ou compra de ingressos;

q) proibição de efetuar transferências.

Comentários

Por gandula, Corinthians é denunciado e pode ter complicações na Libertadores

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.