Justiça dá 5 dias para empresário mostrar documentos de transferência de Neymar

Diego Garcia, do ESPN.com.br
JOSEP LAGO/AFP/Getty Images
Neymar foi vendido ao Barcelona no meio da temporada 2013
Neymar foi vendido ao Barcelona no meio da temporada 2013

A Justiça de São Paulo determinou que o empresário Wagner Ribeiro deverá mostrar os documentos da transferência de Neymar para o Barcelona. O agente terá cinco dias, após a citação de um oficial, para exibir os papéis, em decisão da 21ª Vara Cível.

O juiz Márcio Teixeira Laranjo decidiu, nesta quarta-feira, que Wagner Ribeiro deverá mostrar toda a documentação que possui sobre a venda, após a DIS apelar de uma determinação inicial do mesmo magistrado que julgava a ação movida pela empresa como improcedente. 

"Vistos. Cumpra-se o v.acórdão. Manifeste-se a parte interessada em termos de prosseguimento. Sem prejuízo, providencie o autor as diligencias necessárias. Após, intime-se o requerido para exibição dos documentos, em cinco dias, sob pena de responder por perdas e danos e multa a ser fixada. Intime-se", foi a decisão divulgada pelo juiz ao empresário Wagner Ribeiro, que curiosamente não apresentou defesa.

A firma do Grupo Sonda apelou e, após votação na 6ª Câmara do Direito Privado, viram a maioria dos relatores darem procedência ao processo. A DIS exige de Wagner Ribeiro a exibição de toda a documentação da venda de Neymar. A informação foi divulgada primeiramente pelo site Globoesporte.com e confirmada pelo ESPN.com.br.

Dona de 40% dos direitos de Neymar à época que o atleta jogava no Santos, a DIS se vê lesada na transação por ter recebido apenas a porcentagem relativa aos 17,1 milhões de euros recebidos pelo clube alvinegro. Só que, no total, a transação toda levou 86,2 milhões de euros, sendo que a maior parte foi para Neymar e seu pai.

Wagner Ribeiro é o empresário de Neymar e foi quem costurou o acordo entre DIS e Santos em 2009, quando a empresa pagou R$ 5 milhões por 40% do jogador, sendo mais R$ 500 mil de comissão ao agente. Agora, o Grupo Sonda quer ter acesso a todos os documentos da venda do atacante ao Barcelona, para brigar pelo que julga ter direito.

A empresa também move ação contra o próprio Neymar, que ainda não foi citado judicialmente, apesar de determinação da Justiça. Como mora em outro país, o trâmite deve demorar. A transferência do jogador ao Barcelona também gerou ações na Justiça espanhola, que investiga crimes fiscais na transação.

A reportagem tentou, em vão, contato com o empresário Wagner Ribeiro, e não conseguiu até a publicação da matéria. 

ESPN.com.br
Decisão da Justiça que obriga Wagner Ribeiro a mostrar documentos de venda de Neymar
Decisão da Justiça que obriga Wagner Ribeiro a mostrar documentos de venda de Neymar
Assista aos gols da vitória do Barcelona por 3 a 1 sobre o Villarreal
Comentários

Justiça dá 5 dias para empresário mostrar documentos de transferência de Neymar

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.