No São Paulo, Dória explica situação na França: 'Bielsa quis provar que não precisava me usar'

ESPN.com.br
Dória evita falar em Bielsa e mostra ansiedade: 'Terei que me controlar para não ser expulso'

Novo reforço do São Paulo, Dória foi apresentado oficialmente nesta segunda-feira. O jovem zagueiro, que pertence ao Olympique de Marselha e foi emprestado até o meio deste ano, contou sobre sua relação conturbada com o técnico Marcelo Bielsa, na França, e disse que está pronto para jogar e ser titular contra o Santos, nesta quarta-feira, pelo Campeonato Paulista, caso Muricy desejar.

"Com certeza", respondeu o jogador, quando perguntado se já está bem fisicamente e à disposição do treinador, a ponto de começar entre os 11 titulares contra o rival paulista. "A vontade de entrar em campo e ouvir a torcida é enorme. Tanta que até brinquei com a minha família que vou precisar me controlar para não ser expulso no primeiro jogo. Estou me preparando mentalmente", revelou.

No entanto, Dória tem consciência de que buscará seu espaço no recheado elenco são-paulino com o tempo. "Cheguei agora. Não serei titular amanhã. Preciso trabalhar nos treinamentos e mostrar que tenho capacidade para estar em um clube que tem muitos jogadores de qualidade e pode ser apontado como melhor do Brasil", completou.

O zagueiro,que já treinou no São Paulo pela manhã, também falou sobre sua situação no Olympique de Marselha. Contratado pelo clube francês em setembro de 2014, o brasileiro não jogou um minuto sequer pela equipe principal, tendo ficado na reserva em alguns jogos e feito partidas pelo time B - a última no domingo da semana passada. Segundo Dória, o que ocorreu foi um problema extra-campo.

"O que me disseram lá é que fui contratado pelo presidente, e o treinador Marcelo Bielsa ficou chateado por não ter sido consultado. No meu modo de ver, ele quis provar que não precisava me utilizar. Eles são frios, e não há muito espaço para conversa. Quem falava comigo eram os auxiliares. Então, busquei aprender tudo o que podia nos treinamentos e ficar tranquilo, esperando a janela de transferências", contou.

Com a insistência sobre as perguntas a respeito de seu técnico na França, durante a entrevista coletiva, Dória deu uma resposta para encerrar o caso. "Não quero falar sobre o Bielsa porque ele não queria falar de mim lá. Quando perguntavam sobre mim, ele dizia ‘pergunta para o Dória'. Faz parte. Foi um aprendizado e estou bem mais maduro após essa turbulência."

O ex-botafoguense, de 20 anos, é a oitava contratação do São Paulo para 2015: antes, foram confirmados também o zagueiro Breno, os laterais Bruno e Carlinhos, o volante Thiago Mendes, meia Daniel e os atacantes Jonathan Cafu e Centurión. Nesse final de semana, o clube do Morumbi admitiu que aguarda Wesley, que será o nono.

Assista aos gols da vitória do São Paulo por 2 a 0 sobre o XV de Piracicaba
Comentários

No São Paulo, Dória explica situação na França: 'Bielsa quis provar que não precisava me usar'

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.