Após quebrar tabus, Boston se consolida como a cidade mais vencedora dos EUA no milênio

ESPN.com.br
Getty
New England Patriots deu mais um título para Boston no último domingo
New England Patriots deu mais um título para Boston no último domingo

O New England Patriots conquistou seu quarto título em 14 anos na NFL no último domingo, ao superar o Seattle Seahawks no Super Bowl. Mais do que festa para a equipe e para o quarterback Tom Brady, a franquia ajudou a consolidar a cidade de Boston como a mais vencedora nos esportes americanos no milênio.

Foram nove títulos de 2000 para cá, considerando a NFL, a NBA, a NHL e a MLB - Los Angeles (sete) e Nova York (seis) são a cidades que chegam mais perto . Nos últimos seis anos, a cidade levantou a taça em ao menos uma ocasião em cada um dos quatro esportes.

O mais curioso de tudo é que Boston vivia uma 'maldição' no começo do milênio, com todos os seus times convivendo com incômodos jejuns.

Por coincidência, foram os próprios Patriots que iniciaram a sequência de taças, ao conquistarem o Super Bowl pela primeira vez em 2002. Antes de 2015, o time ainda ganharia a finalíssima da NFL em 2004 e 2005.

Depois, em 2004, o Red Sox quebrou um jejum de 86 anos e voltou a conquistar a World Series, a final da MLB - o time ainda levou a taça em 2007 e 2013.

Na NBA, o Boston Celtics foi campeão na liga em 2008, depois de passar 22 anos de mãos vazias. O último time a quebrar o período "sem nada", foram os Bruins, da NHL. Em 2011, um tabu de 39 anos caiu.

Um prêmio para uma cidade conhecida por ter ótima infraestrutura para esportes, tanto no nível profissional como no universitário.

Veja a festa do New England Patriots após a conquista do Super Bowl XLIX
Comentários

Após quebrar tabus, Boston se consolida como a cidade mais vencedora dos EUA no milênio

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.