Recordista, Corinthians vence Botafogo-SP e chega ao seu nono título da Copa São Paulo

Marcus Alves, de São Paulo (SP), para o ESPN.com.br
Assista ao gol da vitória do Corinthians sobre o Botafogo-SP

Maior vencedor da história da Copa São Paulo de Futebol Júnior, o Corinthians fez valer o seu favoritismo e faturou o seu nono título da competição neste domingo ao bater o Botafogo de Ribeirão Preto por 1 a 0, no Pacaembu. Pesadelo dos grandes, o clube do interior do estado já havia deixado Botafogo, Fluminense, Grêmio e Palmeiras para trás, mas não conseguiu repetir a façanha na decisão.

Um dos destaques de sua campanha, o goleiro Talles falhou em chute à distância de Maycon aos 21 minutos do segundo tempo e engoliu o frango que custou o resultado à surpresa do campeonato.

Ao todo, 33.015 mil pessoas foram ao Pacaembu para conferir a final no 461º aniversário de São Paulo.

Ao lado de seu auxiliar Cleber Xavier, o técnico Tite acompanhou a partida direto do estádio.

A alta cúpula alvinegra também marcou presença em peso. O presidente Mario Gobbi, que se despede do cargo, o diretor de futebol Ronaldo Ximenes e o gerente de futebol Edu Gaspar prestigiaram a garotada corintiana.

Além deles, o volante Elias compareceu e tirou fotos com torcedores.

Antes do pontapé inicial, os jogadores dos dois times homenagearam o craque Sócrates, falecido no fim de 2011, erguendo o punho direito em referência à marca registrada do ‘Doutor' nas comemorações de seus gols. Ele surgiu no Botinha e acabou virando ídolo no Parque São Jorge.

Mesmo com imensa maioria corintiana na arquibancada, o Botafogo-SP não se acanhou e pressionou desde o primeiro minuto. A equipe assustou logo aos 16, em cobrança de falta do meia Alex que ficou na trave. Na sobra, Tulio Souza ainda desperdiçou boa oportunidade de marcar.

Assista aos melhores momentos da vitória e comemoração do título do Corinthians

O Corinthians, por sua vez, tocava mais a bola, porém, sentia falta do meia Matheus Cassini, suspenso da decisão com segundo cartão amarelo. Somente no fim da etapa inicial, o time conseguiu, enfim, reagir e ameaçar o goleiro Talles. Primeiro, em cobrança de escanteio aos 39 minutos que foi parar nos pés do atacante Gabriel Vasconcelos após bate e rebate, mas ele finalizou fraco. Depois foi a vez de Yan, sozinho, mandar para fora excelente chance de abrir o placar.Os tricolores seguiram pressionando e levavam mais perigo no contra-ataque, sobretudo, com o centroavante Isaac Prado.

Inacreditável.

A equipe alvinegra voltou mais acesa do intervalo. Ela poderia ter se adiantado no marcador em vacilo da Mayc aos cinco minutos que Gabriel Vasconcelos completou por cima. A resposta botafoguense foi imediata: após escanteio, o goleiro Caíque desviou cabeceio, a bola bateu na trave e voltou livre para Isaac fazer. O camisa 1 corintiano foi mais rápido e afastou mesmo no chão.

Os times se arriscaram mais no segundo tempo, porém, foi o Corinthians que teve a sua ousadia premiada. Em descida despretensiosa aos 21, Maycon soltou a bomba de longe e Talles ‘aceitou' em um frangaço.

A garotava alvinegra quase ampliou em seguida, mas ficou nisso.

A expectativa agora é de que pelo menos três atletas sejam promovidos por Tite para o elenco profissional corintiano. Entre os mais cotados, estão Marciel, Cassini e Gabriel Vasconcelos.

O Botafogo-SP, por outro lado, dificilmente segurará suas revelações. O goleador Isaac chama a atenção de diversos clubes da Série A e assinou acordo recente com o empresário Juan Figer. Outros estão ligados ao fundo de investimento BMG e também podem sair.

Veja a homenagem dos jogadores de Botafogo-SP e Corinthians a Sócrates
Comentários

Recordista, Corinthians vence Botafogo-SP e chega ao seu nono título da Copa São Paulo

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.