Brasileiro calou Old Trafford e ganhou camisa de Rooney. Hoje, está desempregado

Francisco De Laurentiis, do ESPN.com.br, e Vladimir Bianchini, da Rádio ESPN
Laurence Griffiths/Getty Images
Luis Alberto Troca Camisa Rooney Manchester United Cluj Champions 05/12/2012
Luís Alberto trocou camisa com Rooney após fazer história em Old Trafford, em 2012

5 de dezembro de 2012. No estádio Old Trafford lotado por 71.521 torcedores, o poderoso Manchester United recebe o modesto Cluj, da Romênia, pela Uefa Champions League. Aos 11 do segundo tempo, o brasileiro Luís Alberto Silva dos Santos recebe na intermediária e vê o goleiro De Gea fora de posição. De longe, ele arrisca uma bomba cheia de efeito. A bola vai no ângulo do espanhol, que se estica todo, mas não alcança.

Golaço. E um silêncio sepulcral no "Teatro dos Sonhos".

Apita o árbitro Daniele Orsato. O Cluj faz história e vence o United em pleno Old Trafford. Ainda chateado pela derrota, o craque Wayne Rooney se aproxima de Luís Alberto e o felicita: "Parabéns, foi um lindo gol". De presente, lhe dá a camisa 10 dos "Diabos Vermelhos", e ganha a do brasileiro em troca.

Cerca de dois anos depois, Luís Alberto Silva dos Santos, 31 anos, o homem que calou mais de 70 mil pessoas no estádio do Manchester United, não tem um time para jogar.

"No último ano, trabalhei com o Toninho Cerezo no Kashima Antlers, do Japão. Foi uma passagem muito bacana. Hoje, vivo a expectativa de arrumar um novo clube para atuar...", contou o herói do Cluj, em entrevista à Rádio ESPN.

Uma noite em Old Trafford

Nascido em 17 de novembro de 1983 em Salvador, Bahia, o meio-campista lembra-se com detalhes daquela noite em 2012, quando foi herói.

"No meu DVD, esse golaço é a primeira cena, né? (risos). Foi uma partida maravilhosa, todo atleta quer ter a oportunidade de enfrentar esses times. Foi uma noite de ansiedade antes do jogo, a expectativa era muito grande, muitos falavam que não íamos tomar menos de cinco gols. A diferença era muito grande, só o salário do Rooney pagava facilmente todo nosso time o ano todo!", recordou.

Reveja o golaço de Luís Alberto contra o United:

Mas o que fez Alberto ter coragem de arriscar de tão longe, sendo que no gol adversário estava um atleta da seleção da Espanha? Conselho de seu pai, diz o baiano.

"Foi o gol mais bonito que eu fiz, deste tipo nunca tinha feito. Gosto de chutar sempre, meu pai sempre falava: 'Filho, só faz gol quem chuta'. Nunca tive medo de arriscar. Errei em várias e acertei outras, como nesta noite", celebrou o meia.

Ao final do jogo, Luís ganhou não só a camisa de Rooney como muitos elogios do lendário técnico Alex Ferguson, que também gostou da atuação de outro brasileiro: o meia Rafael Bastos, que iniciou a jogada que terminou no golaço no ângulo.

"O Ferguson me elogiou pelo gol, postura e posicionamento dentro de campo. Foi emocionante, fiquei com sentimento de dever cumprido", contou o atleta, revelado no início dos anos 2000 no Bahia, ao lado do lateral direito Daniel Alves.

"Quando acabou o jogo, eu troque camisa com o Rooney, que me deu parabéns pelo gol, disse que eu era um grande jogador e felicitou pela vitória. Fiquei muito feliz, porque é um jogador de ponta. Guardei um quadro dele na parede e tá emoldurado, vou contar para os meus filhos, netos e bisnetos, ninguém pode me tirar isso", completou.

O Cluj terminou em 3º do grupo e não se classificou. No entanto, o feito da valente equipe romena nunca será esquecido pelos torcedores.

A maior festa do mundo

"Eu não tinha nem noção do feito, mas, quando chegamos no aeroporto da cidade, foi uma coisa impressionante! Aonde eu ia, o trânsito parava e as pessoas vinham falar comigo e pedir para assinar camisas, bolas... Autografei um monte de objetos que hoje estão no museu do clube. Foi algo muito maior do que eu imaginava", emocionou-se.

"Nunca imaginavm um time como Cluj vencer o Manchester United, ainda mais fora de casa. Por isso, entramos para a história do clube", acrescentou.

Em Cluj, o brasileiro se tornou mais importante até que o prefeito. Não podia nem sair de casa que logo era rodeado por torcedores fanáticos pedindo autógrafotos, fotos, ou um simples abraço.

Laurence Griffiths/Getty Images
Luis Alberto Cluj Smalling Manchester United Champions 05/12/2012
Luís Alberto em ação contra o Manchester United

"Eu ganhava muitos presentes dos torcedores, como chocolates, chás, lembranças de casa, recebia convite para tudo quanto é evento, de casamento até batizado. Recebi uma série de ofertas de patrocinadores no país, mas acabei não aproveitando... Tanto é que voltei ao Brasil para defender o Vitória", afirmou.

Após passagem pelo rubro-negro baiano, clube com o qual conquistou o Campeonato Baiano em 2013, Luís Alberto acertou com o Kashima Antlers, do Japão, em 2014. Jogou por um ano na equipe, mas não teve seu contrato renovado para o ano seguinte.

Agora, o homem que calou Old Trafford espera uma proposta para voltar a jogar.

"Estamos com algumas sondagens e acertando salário... Em breve, estarei jogando novamente. Espero que vocês narrem outro golaço meu".

Comentários

Brasileiro calou Old Trafford e ganhou camisa de Rooney. Hoje, está desempregado

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.