Última Copinha com semifinal 100% paulista teve vexame dos grandes

Thiago Cara, do ESPN.com.br
ESPN.com.br
Copa São Paulo decide finalistas hoje com Palmeiras x Botafogo-SP e Corinthians x São Paulo
Copa São Paulo decide finalistas hoje com Palmeiras x Botafogo-SP e Corinthians x São Paulo

Com Palmeiras, Botafogo-SP, Corinthians e São Paulo, a Copa São Paulo de juniores volta a ter uma semifinal 100% paulista depois de nove anos. Mas, para os três grandes clubes envolvidos na briga por uma vaga na decisão, a edição de 2006 do torneio não traz nenhuma boa recordação.

Se em 2015 um já está garantido e outro é favorito para ir à decisão, naquela ocasião os grandes foram apenas expectadores em uma semifinal que só envolveu surpresas - tal qual o Botafogo-SP. Em uma perna, o América-SP enfrentou o Grêmio Barueri; na outra, duelaram Comercial e Juventus.

Onde estavam os grandes àquela altura? Todos eliminados há muito tempo.

O primeiro a cair foi o São Paulo, que tinha como principal destaque o veloz Chumbinho, que não vingou no profissional, rodou muito e hoje joga no Azerbaijão. A equipe tricolor perdeu os dois primeiros jogos (Brasiliense-DF e Moto Club-PB) e só venceu a Ferroviária-SP, quando já estava eliminado.

O Palmeiras foi outro que se despediu logo na primeira fase. Com um time que tinha como principal nome o meia Ilsinho, o Alviverde conseguiu apenas quatro pontos, com um empate contra o Iraty-PR e vitória sobre o Botafogo-PB, e acabou eliminado ao perder para a Inter de Limeira-SP.

O Corinthians foi mais longe, mas não muito. Na primeira fase, a equipe passou na liderança do grupo D, com duas goleadas, sobre CENE-MS e Ceres-RJ, e um empate, diante do São Carlos-SP. A eliminação, porém, veio no jogo seguinte, antes das oitavas de final, contra o Fortaleza, nos pênaltis.

A queda alvinegra, inclusive, teve um episódio curioso. O goleiro Weverton, hoje no Atlético-PR, era o titular do time, mas acabou sendo trocado no fim da partida por seu reserva, especialista em pênaltis. A estratégia não deu certo, e o time que tinha Ji-Paraná como destaque acabou eliminado.

Algoz corintiano, o Fortaleza foi eliminado pelo América-SP, que acabaria se tornando campeão daquele torneio, passando pelo Grêmio Barueri na semifinal paulista e pelo Comercial - que bateu o Juventus - na decisão. O título veio nos pênaltis, por 3 a 1, após empate em 0 a 0 no tempo normal.

Comentários

Última Copinha com semifinal 100% paulista teve vexame dos grandes

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.