Mesmo com 16 reforços, Palmeiras garante ter reduzido folha salarial

ESPN.com.br com agência Gazeta Press
Reprodução/ESPN
Kelvin e Dudu são apresentados no Palmeiras
Kelvin e Dudu são apresentados no Palmeiras

O Palmeiras contratou 16 jogadores, mas ainda tem folha salarial mais barata do que a de 2014, quando o clube quase foi rebaixado no Campeonato Brasileiro em plena temporada de seu centenário. A informação é de Paulo Nobre, presidente do clube, que abriu mão de outros 16 atletas que treinavam com o elenco no ano passado.

"A folha salarial do Palmeiras em 2015 ainda não iguala a de 2014. Ela vai ficar muito próxima, mas ainda está um pouco aquém", disse o presidente à rádio Globo. Os gastos devem aumentar porque o Verdão espera o volante Arouca se desligar do Santos e ainda busca um goleiro.

Somando quem está nos planos de Oswaldo de Oliveira e os machucados, há 37 jogadores, que se tornarão 39 quando o zagueiro Nathan e o lateral direito voltarem da seleção brasileira sub-20. Se Arouca e mais um goleiro chegarem, a ideia é que pelo menos sete desse grupo sejam dispensados.

Por enquanto, o Palmeiras precisa encontrar novos times para o goleiro Raphael Alemão, o lateral direito Weldinho, o zagueiro Gabriel Dias, os volantes Bruninho e Lucas Morelatto, os meias Tiago Real e Patrick Vieira e os atacantes Vinicius e Rodolfo. E ainda falta o volante Wesley, afastado enquanto o São Paulo não entra em acordo para tê-lo antes do fim de seu contrato, em 27 de fevereiro.

Entre os jogadores que têm contrato e não ficaram, Deola e Bruno acertaram com Fortaleza e Santa Cruz, respectivamente, Bruno Dybal foi emprestado ao Ventforet Kofu, do Japão, Felipe Menezes acabou repassado ao Goiás e Mazinho passará um ano no Coritiba. Não renovaram Wendel, Juninho, Victorino, Eguren, Washington, Marcelo Oliveira, Bernardo, Bruno César, Fernandinho, Henrique e Diogo, além do técnico Dorival Júnior e seus auxiliares.

Na reformulação, já foram contratados os zagueiros Vitor Hugo, Victor Ramos e Jackson, o lateral direito Lucas, o lateral esquerdo João Paulo, os volantes Amaral, Gabriel e Andrei Girotto, os meias Zé Roberto, Robinho, Alan Patrick e Ryder e os atacantes Dudu, Leandro Pereira, Rafael Marques e Kelvin.

Para a comissão técnica, chegaram o técnico Oswaldo de Oliveira, o auxiliar Luiz Alberto, o preparador físico Ricardo Henriques, o analista de desempenho Gabriel Oliveira e o coordenador cientifico Altamiro Bottino.

'É um orgulho muito grande estar nesta equipe', diz Ryder, 16º reforço do Palmeiras
Comentários

Mesmo com 16 reforços, Palmeiras garante ter reduzido folha salarial

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.