Empresário chinês comprará 20% do Atlético de Madri, diz jornal

ESPN.com.br
Getty
Fernando Torres comemora: ele marcou duas vezes no empate contra o Real Madrid
Verba extra para o clube azul, vermelho e branco de Madri

O presidente do Atlético de Madri, Enrique Cerezo e o maior acionista do clube, Miguel Ángel Gil Marín, viajaram a Pequim para negociar a venda de 20% das ações do 'Colchonero' ao empresário chinês Wang Jianlin, noticiou nesta segunda-feira o jornal espanhol 'El Pais.'

O acordo deve ser firmado na próxima quarta-feira e deve mobilizar 45 milhões de euros - R$ 137 milhões. Gil Marín teria sua participação no clube reduzida a 52%, Cerezo ficaria com 20%, e o resto seria repartido entre a família Gil e os acionistas minoritários.

Jianlin, cuja fortuna é estimada em 25 bilhões de dólares - R$ 65 bilhões -, tem entrado no mercado espanhol através do Grupo Wanda e já investiu em outras equipes do país, como Valencia e Villarreal, por meio de escolas de futebol.

O Atlético deve abrir novas escolinhas na China a partir de agora, assinar patrocínios e até viajar ao país asiático durante a próxima pré-temporada.

Drible de futsal de Benzema para gol de Ronaldo e cavadinha de Messi nos golaços internacionais
Comentários

Empresário chinês comprará 20% do Atlético de Madri, diz jornal

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.