Clemente Rodríguez é visto como reforço 'tentador' no Rosario Central

ESPN.com.br com agência Gazeta Press
Getty
Lateral argentino também interessa ao Lanús e ao Argentinos Juniors
Lateral argentino também interessa ao Lanús e ao Argentinos Juniors

O São Paulo está próximo de enfim se livrar oficialmente de Clemente Rodríguez. Com apenas três partidas disputadas no futebol brasileiro, o veterano lateral esquerdo argentino que foi encostado no CT de Cotia ainda é cobiçado em seu país.

Um dos times que se animaram com a situação de Clemente Rodríguez foi o Rosario Central. Na reapresentação do elenco após o recesso de fim de ano, o técnico Eduardo Coudet não disfarçou o interesse na contratação.

"Faz bastante tempo que ele não joga, e é um risco. Mas, pelo nome e pelo valor econômico, também é tentador", definiu Coudet, que foi jogador do River Plate e rivalizou com Clemente Rodríguez, então no Boca Juniors, no início dos anos 2000. Além do Rosario Central, que agora parece o destino mais provável do lateral de 33 anos, o Argentinos Juniors (por intermédio do amigo Juan Román Riquelme) e o Lanús também já cogitaram trazê-lo de volta para a Argentina.

Clemente Rodríguez chegou ao São Paulo em junho de 2013 e foi expulso logo na estreia, acumulando atuações ruins, suspensões e até uma lesão muscular na coxa. Com isso, acabou afastado do time.

Com contrato válido até 30 de junho, o lateral-esquerdo ouviu da diretoria a proposta de continuar a receber metade dos seus salários até lá, para que deixasse o clube. Até o final do ano passado, o tricampeão da Copa Libertadores da América e campeão intercontinental ainda não havia se posicionado sobre o assunto.

Comentários

Clemente Rodríguez é visto como reforço 'tentador' no Rosario Central

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.