Cormier admite derrota e chora em coletiva: 'Tive que me reconstruir várias vezes'

ESPN.com.br
Getty
Cormier durante a luta contra Jon Jones
Cormier durante a luta contra Jon Jones

Desafiante de Jon Jones pelo cinturão dos meio-pesados no UFC 182, em Las Vegas, Daniel Cormier não conseguiu o título que tanto sonhava e acabou derrotado na decisão unânime dos jurados.

Após meses de provocação e a busca por uma vingança por ter sido desrespeitado por Jones, ele admitiu a derrota e chorou durante a realização da coletiva do evento.

"Eu tive que me reconstruir várias vezes. Isso é algo que as pessoas não podem nem imaginar", afirmou, com lágrimas rolando no rosto. "Não achei meu ritmo esta noite. Jon é o melhor por uma razão e ele foi o melhor lutador desta noite", concluiu, acrescentando que espera ter a chance de uma revanche no futuro.

Entre as reconstruções que ele teve que passar estão a decepção de não ter ganhado uma medalha olímpica como membro da equipe norte-americana de wrestler nos Jogos Olímpicos de 2004 e o fato de ter ficado de fora de última hora da Olimpíada de 2008.

Na contagem oficial dos jurados da luta - Marcos Rosales, Cardo Urso e Tony Weeks -, Cormier, ao menos, pode dizer que venceu um round do atual campeão. Rosales e Weeks apontaram vitória no segundo round, enquanto Urso viu um melhor desempenho do desafiante no terceiro.

Com o revés, Cormier, além de perder a invencibilidade de 15 lutas no MMA, perdeu a chance de se transformar no quarto lutador a ser campeão no Strikeforce e no UFC. Os que conseguiram o feito até aqui foram: Ronda Rousey, Fabrício Werdum e Robbie Lawler.

Jones minimiza reação: ‘Não tenho pena dele'

Questionado na coletiva sobre o desabafo feito por Cormier, Jon Jones disse que não estava sensibilizado pelo o que tinha ocorrido. "Não sinto pena dele, é um esporte de combate. Se ele tivesse ganhado, estaria falando besteira aqui. Isso não muda o que sinto por ele", afirmou o campeão.

Jones, antes de aparecer para a coletiva, declarou que gostaria de enfrentar Cormier apenas para vencê-lo novamente. Além disso, ele mirou Anthony Johnson como seu próximo desafiante na categoria meio-pesado. 

Comentários

Cormier admite derrota e chora em coletiva: 'Tive que me reconstruir várias vezes'

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.