Etíope vence a São Silvestre feminina e acaba com hegemonia do Quênia

ESPN.com.br
Gazeta Press
Ymer Wude Ayalew cruzou a linha de chegada seguida de perto por sua compatriota
Ymer Wude Ayalew cruzou a linha de chegada seguida de perto por sua compatriota

A etíope Ymer Wude Ayalew faturou a 90ª edição da São Silvestre e acabou com a hegemonia do Quênia na competição, que tinha ficado com o título nos últimos seis anos. Foi a segunda vitória da atleta na prova, que também ficou em primeira em 2008 e completou o percurso deste ano em 50min 43s.

Também da Etiópia, Netsanet Kebede, que brigou até os últimos metros, ficou com o segundo lugar, com o tempo de 50min 46s. A queniana Priscah Jeptoo completou o pódio, chegando em 51min 29s. A primeira brasileira que cruzou a linha de chegada foi Joziane Silva Cardoso, que chegou em oitavo. Ela já havia faturado a Volta da Pampulha neste ano.

A competição feminina deste ano foi especial, pois contou com as vencedoras dos últimos três anos, todas do Quênia. Nancy Kipron, ficou com o título em 2013, Maurine Kipchumba, em 2012, e Priscah Jeptoo, em 2011. Além delas, a brasileira Maria Zeferina Baldaia, que ficou com o título de 2001, também participou.

Veja momentos da 90ª São Silvestre, vencida com 'dobradinha' da Etiópia

A prova, que começou para os homens ainda em 1925, contou com a participação feminina apenas a partir de 1975. A maior vencedora da prova é a portuguesa Rosa Mota, que ficou com a prova seis vezes, todas elas consecutivas, entre 1981 e 1986.

Gazeta Press
Atletismo São Silvestre Mulheres 31/12/14
Atletismo São Silvestre Mulheres 31/12/14

O Quênia domina o lugar mais alto do pódio, com 11 conquistas, contra sete de Portugal e cinco do Brasil, que são os três países mais campeões. Com a vitória de 2014, a Etiópia alcançou seu terceiro triunfo.

O Brasil não conquista um título feminino na São Silvestre desde 2006, quando Lucélia Peres completou o percurso de 15 km pelas ruas de São Paulo em 51min24s

A São Silvestre, que teve seu percurso de 15 km alterado novamente, contou com a largada na Avenida Paulista, próximo à rua Min. Rocha Azevedo, no sentido Consolação, e terminou no mesmo local, próximo à Joaquim Eugênio de Lima. A grande novidade deste ano foi um ‘coração' que o percurso desenhou no tradicional cruzamento da Av. São João com a Av. Ipiranga.

Comentários

Etíope vence a São Silvestre feminina e acaba com hegemonia do Quênia

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.