Revelação do Brasileiro não quer continuar no Goiás, diz presidente

ESPN.com.br com agência Gazeta Press
Jorge Rodigues/Gazeta Press
Erik foi considerado a revelação do Campeonato Brasileiro com a camisa do Goiás
Erik foi considerado a revelação do Campeonato Brasileiro com a camisa do Goiás

O Goiás dificilmente conseguirá manter o atacante Erik, considerado a revelação do Campeonato Brasileiro de 2014 vestindo a camisa esmeraldina. Segundo o presidente Sergio Rassi, o problema não são as propostas recebidas pelo jovem de 20 anos, e sim a vontade do atleta, que é de defender uma equipe maior e aumentar sua visibilidade.

"Nós temos dois problemas, não é só esse da ‘não proposta oficial’ pelo jogador. É algo muito pior: a vontade do jogador não continuar no Goiás no ano que vem. Ele deixou bem claro que pretende sair do Goiás em 2015. Ele tem intenção de jogar a Olimpíada, tem intenção de jogar em uma vitrine que ele apareça mais", revelou Rassi em entrevista ao Portal 730, de Goiânia.

Erik entrou em campo pelo Goiás 39 vezes e marcou 15 gols em 2014. Para o presidente do clube, o "ataque dos sonhos" contaria com o jovem atacante e com Walter, que fez sucesso com a camisa esmeraldina e atualmente está no Fluminense - sem repetir as atuações;

Esse ataque ideal, no entanto, não deve virar realidade. Além da pouca vontade de permanecer no Goiás por parte de Erik, o salário de Walter é muito alto e não cabe no orçamento do clube, como já declarou o gerente de futebol e ex-goleiro Harlei.

Uma opção para reforçar o ataque, então, seria Junior Viçosa, que disputou a Série B pelo Atlético Goianiense, com quem o clube já entrou em contato. Ainda segundo Rassi, no entanto, a pedida salarial do atacante também é alta, e sua contratação é improvável.

Comentários

Revelação do Brasileiro não quer continuar no Goiás, diz presidente

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.