Brasileiro que teve gol 'garfado' na Liga Europa diz que quebrou parede do vestiário de raiva

Francisco De Laurentiis, do ESPN.com.br, e Vladimir Bianchini, da Rádio ESPN
Gol de brasileiro é mal anulado time do Azerbaijão perde classificação histórica contra Inter

O meio-campista brasileiro Richard ainda não consegue acreditar no incrível erro do árbitro Miroslav Zelinka, que anulou de maneira equivocada seu gol nos acréscimos do empate por 0 a 0 entre Qerabag e Inter de Milão, nesta quinta-feira, pela última rodada da fase de grupos da Liga Europa. Se o juiz não tivesse marcado impedimento de maneira errada, o pequeno time do Azerbaijão teria conseguindo uma classificação histórica para os 16-avos de final, que acabou não vindo justamente pela "garfada".

Em contato com a Rádio ESPN após o jogo, ele revelou que quebrou uma das paredes do vestiário de tanta raiva e acusou o árbitro pela decisão equivocada: 'Fomos roubados'.

"Entramos no vestiário, em seguida o bandeirinha entrou, e eu fiquei doido pra bater no cara. Mas para não estragar meu trabalho e pegar uma suspensão grande, preferi dar um soco na parede. Rapaz, quebrou tudo no vestiário... Fiquei com muita raiva, pois um erro ridículo prejudicou nosso time todo. Todo nosso trabalho foi jogado fora pelo bandeirinha", disparou o ex-jogador do Santo André e do Gil Vicente, de Portugal.

No lance em questão, o brasileiro chutou, a bola desviou no francês M'Vila, da Inter de Milão, e entrou. No entanto, a arbitragem deu toque de um jogador impedido do Qarabag, o holandês Leroy George, e anulou o gol, para revolta dos anfitriões.

Os atletas do Qarabag reclamaram muito, mas Zelinka e os auxiliares Ondrej Pelikán e Jiri Molacek mantiveram a decisão e decretaram mesmo a igualdade sem gols, que acabou deixando o clube do Azerbaijão a um ponto da zona de classificação - o Dnipro, que bateu o Saint-Etienne por 1 a 0, ficou com a vaga.

Brasileiro do Qarabag detona arbitragem: 'Fomos roubados; fiquei doido para bater no bandeira'

"Fomos roubados! Só porque íamos ganhar da Inter, que é um time grande, o árbitro faz isso. Parece que um time pequeno não pode ganhar do grande. Se tivessemos classificado, ia ser uma festa histórica, ia parar o país. Infelizmente, futebol é assim. Acabaram com nosso sonho", lamentou o camisa 20.

Claudio Villa - Inter/Getty Images
Richard Qerabag MVila M'Vila Inter de Milão Liga Europa 11/12/2014
Richard (esq) em ação contra a Inter de Milão

"A gente joga no Azerbaijão e quer mostrar nosso trabalho, pois ninguém conhece aqui, queremos mostar nosso futebol pra vir uma proposta para um lugar melhor. Aí acontece isso... Precisa ver o tanto que o treinador chorou, que todo mundo chorou no vestiário...", completou.

Agora eliminado da Liga Europa, o Qarabagh volta suas atenções para a liga nacional, na qual é líder, com 28 pontos, quatro a mais que o Inter Baku. A próxima partida da equipe alvinegra é neste domingo, às 9h (horário de Brasília), contra o Qabala, fora de casa.

"Agora, é concentrar aqui no campeonato local, porque Europa só ano que vem...", finalizou Richard.

Assista aos melhores momentos do empate por 0 a 0 entre Qarabag e Internazionale
Comentários

Brasileiro que teve gol 'garfado' na Liga Europa diz que quebrou parede do vestiário de raiva

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.