Nivaldo atinge marca histórica ao disputar todas as divisões pela Chapecoense

ESPN.com.br com agência Gazeta Press

A Chapecoense realizou o sonho dos torcedores ao garantir a permanência na Série A do Campeonato Brasileiro após empatar com o campeão Cruzeiro na Arena Condá, no último fim de semana. Mas a partida também foi um sonho realizado na vida do goleiro Nivaldo: aos 40 anos, entrou em campo aos cinco minutos da etapa complementar no lugar de Danilo e se tornou o terceiro jogador do Brasil a disputar todas as divisões nacionais pelo mesmo clube - além dele, já alcançaram a marca os meias Élvis, do Santo André, e Nenén, da própria Chape.

"É difícil acontecer isso com um atleta hoje em dia, é pra comemorar, até porque a Chapecoense permanecer na Série A já é um grande feito. A gente fica feliz por essa conquista, é muito importante também", disse o jogador em entrevista por telefone à Gazeta Esportiva.Net.

O duelo também marcou a 272ª partida do arqueiro com a camisa do time catarinense. Nivaldo chegou à Chapecoense em maio de 2006, e desde então viu a evolução do clube e participou de três acessos e dois títulos estaduais (2007 e 2011). Ele relembrou a evolução do clube alviverde do Oeste desde sua chegada até os dias atuais, quase nove anos depois.

"A diferença é muito grande. Há poucos anos a Chapecoense não tinha muitas expectativas. Falava-se de mudar o nome do clube por causa das dívidas e não tinha muitas esperanças que fosse se reerguer", comentou o goleiro.

Mas tudo mudou em 2007, com a conquista do Campeonato Catarinense após mais de uma década sem títulos. Depois de conquistar o bicampeonato em 1996, diante do Joinville, a Chape só voltou a levantar um troféu 11 anos depois, quando foi para a final com o Criciúma. O Verdão venceu o jogo de ida em casa por 1 a 0 e empatou em 2 a 2 no segundo embate. Nivaldo presenciou tudo e viu ali a grande virada na história da equipe.

"Com o Estadual em 2007, o time conseguiu se reerguer e as coisas começaram a melhorar. A estrutura está bem melhor. Ainda faltam coisas para considerar uma equipe com nível de Série A, mas estamos no caminho certo", acrescentou.

Nivaldo foi titular da Série D, em 2009, quando a Chapecoense conquistou o acesso à Série C. Foi titular e melhor goleiro da terceira divisão em 2012, quando o time subiu para a Série B. Continuou com a titularidade e foi o segundo goleiro menos vazado da segunda divisão de 2013, quando os catarinenses foram vice-campeões e chegaram à elite do futebol nacional.

No começo desta temporada, Nivaldo estava entre os 11 no Catarinense, mas perdeu a vaga para Danilo. No domingo, teve a chance de saborear pela primeira vez a Série A, e de quebra, foi ovacionado pela torcida, além de receber uma homenagem na Arena Condá - uma faixa com os dizeres "Nivaldo Eterno".

No duelo com a Raposa, ele fez algumas defesas, mas não conseguiu evitar o gol de empate do jovem Hugo Rageli e infelizmente, a homenagem não foi completada por um triunfo, mas o jogador entrou para a história do futebol brasileiro. Chamado de "Rogério Ceni da Chapecoense", Nivaldo procura evitar comparações.

"Ceni é muito maior do que isso. Mas dadas as proporções, pode-se dizer que as duas histórias são marcantes porque ele chegou em um clube estruturado e na Chape foi muito diferente", comentou.

Com permanência na Série A garantida, a Chapecoense encerra o Campeonato Brasileiro de 2014 diante do Goiás. A partida será no domingo, às 17h (de Brasília), no Serra Dourada, em Goiânia. Nivaldo ainda não definiu seu futuro no esporte.

"Ainda temos um jogo pela frente, mas minha intenção é de encerrar a carreira. Vou falar com a diretoria e ver o que vai acontecer. Por enquanto, meu futuro não está definido", finalizou. 

Comentários

Nivaldo atinge marca histórica ao disputar todas as divisões pela Chapecoense

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.