Djokovic não dá chances a Raonic, é tri em Paris e amplia vantagem sobre Federer

ESPN.com.br
Getty
David Luiz entregou troféu do Masters 1000 de Paris a Novak Djokovic
David Luiz entregou troféu do Masters 1000 de Paris a Novak Djokovic

Novak Djokovic não quis saber de dar chances ao azar no Masters 1000 de Paris. Nem para Milos Raonic, nem para Roger Federer. Neste domingo, o número 1 do mundo atropelou o canadense, vencendo por 2 sets a 0 (6-2 e 6-3), e garantiu vantagem ainda mais confortável no ranking da ATP em relação ao suíço.

Com a vitória, Djokovic levantou o título em Paris pela terceira vez (2009 e 2013) na carreira, a segunda de forma consecutiva. Foi sua 47ª conquista na carreira e a vigésima no nível de Masters. Já Raonic, de currículo bem mais modesto, tentava vencer pela primeira vez uma competição desse quilate no circuito.

Para a decisão, porém, o canadense, atual número 10 do mundo, chegava credenciado por ter eliminado Federer nas quartas de final. Em Paris, o suíço tinha todas as atenções voltadas para si, já que poderia acirrar a corrida pela liderança do ranking da ATP. Não só não conseguiu, como ainda vê Djokovic abrir.

Getty
Raonic cumprimenta rival após derrota
Raonic cumprimenta rival após derrota

A conquista faz com que a distância entre Djokovic e Federer suba para 1.310 pontos, mais do que o dobro do que a margem que o início da semana mostrava (490 pontos) entre os dois. Agora, os tenistas fecham a temporada no ATP Finals, em Londres, mas o suíço ainda pode se beneficiar com a final da Copa Davis.

Sem parecer muito preocupado com as contas do ranking, Djokovic não sentiu qualquer pressão neste domingo. O início do sérvio foi arrasador, suficiente para abrir 3 a 0 no marcador. Raonic ainda evitou nova quebra e tentou dificultar as coisas, mas não conseguiu evitar a derrota na parcial.

No set seguinte, o roteiro foi exatamente o mesmo. O número 1 do mundo não se intimidou com os saques potentes do canadense, conseguiu abrir vantagem confortável e administrou. A vitória veio em 1h23min de partida e ainda foi a 600ª da carreira de Djokovic como profissional.

Na cerimônia de premiação, coube ao brasileiro David Luiz, zagueiro do PSG, entregar o troféu ao sérvio. Um dia após a vitória de sua equipe sobre o Lorient, por 2 a 1, o brasileiro foi o principal convidado pela organização, passou a taça a Djokovic e ainda posou para fotos com os dois tenistas.

Comentários

Djokovic não dá chances a Raonic, é tri em Paris e amplia vantagem sobre Federer

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.