Corinthians vai contratar novo técnico ainda este ano, diz candidato da situação

Camila Mattoso e Flávio Ortega, para o ESPN.com.br
Gazeta Press
Mano Menezes garante que elenco corintiano não está rachado
Mano Menezes não deve ficar no Corinthians na próxima temporada

Contrariando o que disse nesta semana o presidente Mario Gobbi, o candidato da situação Roberto de Andrade garantiu que o Corinthians contratará um treinador no fim deste ano para a próxima temporada. Em entrevista para a Rádio ESPN, o ex-diretor de futebol do clube afirmou que a diretoria decidirá o nome ao final do Campeonato Brasileiro, em dezembro. Se a oposição ganhar, terá de aceitar a escolha ou rescindir o acordo. 

Favorito na eleição, que acontece no início de fevereiro, Roberto descartou a possibilidade de o time começar 2015 sendo comandado por Sylvinho e Fabio Carille, membros da comissão técnica. 

"O Mario vai até fevereiro, o planejamento está sendo feito, a única coisa que fica pendente é o nome do técnico, mas vamos resolver isso no início de dezembro, término do campeonato. O que eu posso dizer é que o Corinthians não ficará sem treinador no início da temporada. Haverá uma conversa com Gobbi para que isso seja definido", disse o candidato. 

"Se fosse para ser um interino, seria a comissão técnica, não é isso que vamos ter. A ideia é que venha alguém em definitivo, um treinador que venha para ficar. Não posso te falar se por um ano, por dois ou para três, mas vamos ter", completou.

Apesar de Gobbi ter falado que não vai escolher um novo técnico, Roberto confia que o atual presidente sabe o que é melhor para o clube e, por isso, tomará uma decisão.

"Não é uma questão de convencer o Mario. É questão de fazer o que é melhor para o clube. O Mario sabe o que é o melhor para o clube. A pessoa do Mario não vai impedir. Vamos sentar e conversar e faremos o que for melhor para o clube", falou.

O nome preferido do grupo da situação, no entanto, ainda não foi revelado. Nos bastidores, Tite é o mais comentado para um retorno ao clube do Parque São Jorge. Roberto, no entanto, não confirmou o ex-treinador como o mais cotado e também não descartou a chance de Mano Menezes permanecer no elenco.

"Não tenho um nome definido. Nós vamos fazer o que for melhor para o Corinthians. Tenha certeza que o nome que será escolhido será o melhor para o Corinthians e não para o Roberto. Não falei também que não quero o Mano. O contrato dele acaba em dezembro. O Tite foi campeão de tudo e nós não fizemos contrato de mais de um ano. Vai acabar o contrato do Mano e nós vamos ver o que vamos fazer. Não há nada certo", explicou.

Acontece, no entanto, é que não há um consenso entre as chapas que disputam a eleição sobre o futuro treinador, o que impede que a decisão seja tomada em conjunto. Portanto, se a oposição ganhar, terá de aceitar a escolha feita ou quebrar o contrato no meio. 

"Seria o ideal. Mas fica difícil. Teria que ter todo mundo a mesma preferência de nome. É complicado decidir uma coisa assim em conjunto", disse Roberto. 

Além de Roberto de Andrade, o ex-diretor social da gestão Mario Gobbi, Ilmar Schiavenatto, também vai concorrer à vaga para presidente. O grupo de Paulo Garcia ainda não oficializou quem será o candidato, mas também estará na disputa.

Comentários

Corinthians vai contratar novo técnico ainda este ano, diz candidato da situação

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.