Contrariado, Gobbi confirma fim da 'era Mano' e detona 'fogo-amigo' no Corinthians

ESPN.com.br
Gobbi faz balanço de seu mandato, rasga elogios a Mano e detona 'fogo-amigo'

Mano Menezes tem apenas mais sete jogos como técnico do Corinthians. Em entrevista exclusiva aos canais ESPN, o presidente Mário Gobbi confirmou que o treinador deixará a equipe ao final do Campeonato Brasileiro, ao fim também de seu mandato a frente do clube alvinegro.

O Corinthians iniciará a temporada 2015 sem um técnico definido e assim ficará, ao menos, até fevereiro. "Assume por 30 dias a equipe técnica. Edu (gerente de futebol), Alessandro (ex-lateral e coordenador técnico), Fabio Carille (auxiliar técnico) e Sylvinho (também auxiliar)", disse Gobbi.

Um novo nome para o comando técnico do Corinthians só será anunciado com a eleição do novo presidente do clube, no dia 1º de fevereiro. Roberto de Andrade é o candidato da situação e concorrerá contra Paulo Garcia e Ilmar Schiavenato. O nome de Tite é um dos favoritos para os três.

Ainda que admita a troca como certa, Gobbi crê que esse não é o melhor caminho. "Toda vez que eu falo do Mano, o prejudico. Gera uma ciumeira... Se não gostasse do Mano, não o contrataria. Por mim, ele continuava. Nos últimos anos, o Corinthians teve dois técnicos e ganhou tudo. Essa é a fórmula".

Presidente do Corinthians pede profissionalização do STJD e garante Guerrero: 'Nasceu para jogar aqui'

A "ciumeira" dos bastidores que Gobbi cita também é apontada por ele como o principal problema enfrentado durante os anos em que foi presidente do Corinthians. "Isso tem em todo lugar, mas o fogo-amigo aqui é muito pesado, muito forte... Bem baixo, baixo mesmo", resume o dirigente.

Voltando ao início de ano sem técnico, Gobbi não vê problema. "É uma transição pequena de 30 dias, ninguém vai morrer... Imagina que queriam que eu demitisse o Mano há 20 dias. Agora, estão falando de 30 dias de janeiro, que é pré-temporada. Tenha a santa paciência", esbravejou.

"O Corinthians tem profissionais muito bem pagos, competentes para comandar os 30 dias de pré-temporada até que o presidente, no dia 1º de fevereiro, seja eleito e assuma ele a responsabilidade do novo técnico", acrescentou, ressaltando que, ainda assim, o planejamento não será afetado.

"O que o torcedor do Corinthians tem que saber é que planejamento de 2015 está absolutamente montado, pronto. É um trabalho constante de observação do que devemos trazer na hora oportuna. O que vamos trazer é surpresa, é cedo, não é hora de falar disso", encerrou o atual presidente.

Criticas de Gobbi à imprensa: 'Torcedor segue o que ouve. Tudo é culpa dos cartolas'
Comentários

Contrariado, Gobbi confirma fim da 'era Mano' e detona 'fogo-amigo' no Corinthians

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.