Campeã olímpica do salto em altura em 1968, Miloslava Rezkova morre aos 64 anos

ESPN.com.br com Agência EFE
Divulgação/Olympic.cz
Miloslava Rezkova durante Jogos Olímpicos de 1968
Miloslava Rezkova durante Jogos Olímpicos de 1968

A ex-atleta tcheca Miloslava Rezkova-Hübnerova, campeã do salto em altura nos Jogos Olímpicos do México, em 1968, faleceu esta madrugada aos 64 anos após uma longa doença, informou nesta segunda-feira a Federação de Atletismo da República Tcheca.

Rezkova, que ganhou a medalha de ouro naquela edição aos 18 anos, superou duas oponentes da União Soviética, país que poucas semanas antes tinha invadido a Tchecoslováquia, como lembrou a federação em seu site oficial.

"Nunca me esquecerei do salto ganhador. Não foi tecnicamente espetacular, mas sim eficaz. A marca ficou lá em cima", disse a ex-saltadora em entrevista à imprensa local anos depois.

Mesmo assim, Rezkova, que utilizava o estilo de rolamento ventral para os saltos, reconheceu que tinha "técnica e tornozelo muito bons".

Um ano depois, em Atenas, ela melhorou sua marca em um centímetro e conquistou o ouro no Campeonato Europeu. Rezkova estabeleceu um recorde de 1m87 no Campeonato Tchecoslovaco, que ganhou em quatro ocasiões, mas não voltou a obter medalhas em competições internacionais devido a suas frequentes lesões.

Ela foi quinta colocada nos Europeus de 1971 e 1974, e nos Jogos Olímpicos de Munique, em 1972, ficou em 15º. A ex-atleta encerrou sua trajetória profissional em 1977. A partir de então, e durante quase três décadas, ela foi treinadora de atletismo de alta performance no clube Estrela Vermelha.

Comentários

Campeã olímpica do salto em altura em 1968, Miloslava Rezkova morre aos 64 anos

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.