Neymar faz gol 200, Messi fica a um de recorde, e Barcelona supera retranca

Thiago Arantes, de Barcelona (ESP), para o ESPN.com.br
Veja os gols de Barcelona 3 x 0 Eibar

Foi quase uma hora de sofrimento diante de um rival que estreou no Camp Nou buscando um empate heroico. Mas, graças a Xavi, Messi e Neymar, o Barcelona conseguiu superar o muro do Eibar e chegar à sétima vitória em oito jogos na Liga Espanhola: 3 a 0, com direito a três gols de relevância histórica.

O sábado fica marcado como o dia em que Xavi chegou à marca de 15 Ligas balançando a rede; como o dia em que Neymar chegou ao gol de número 200 na carreira; como o dia em que Messi alcançou os 250 gols no Espanhol. Resta um para ele se igualar ao lendário Telmo Zarra.

Mantendo a tradição, o técnico Luis Enrique escondeu o time titular enquanto pôde. No fim, a equipe foi a campo com Neymar e Messi no ataque, ao lado de Pedro.

O argentino era a grande atração da noite. Com 249 gols na Liga Espanhola, ele entrou em campo a dois do recordista Zarra, lenda do futebol na Espanha. Mais uma vez, todos os olhares estavam voltados para o camisa 10.

Em campo, o fenômeno se repetia. Os companheiros buscavam o argentino a cada jogada, como se quisessem ajudá-lo a alcançar mais uma marcar histórica.

Aos 19 minutos, em um desses lances, Neymar encontrou Messi na área. O camisa 10 livrou-se de dois adversários, mas foi travado no chute. Na jogada seguinte, o argentino teve outra chance, mas - fato raro - falhou frente a frente com o goleiro Irureta.

LLUIS GENE/AFP/Getty Images
Messi e Neymar comemoram: parceria funcionou mais uma vez
Dia foi histórico para Neymar e Messi no Camp Nou

Só dava Barcelona no jogo. E só dava Messi: aos 24, ele recuperou uma bola e chutou. Mas a pontaria falhou, outra vez.

Diante de um rival fechado na defesa, o Barcelona dominava a posse de bola à frente da área, mas pecava na hora de concluir. O Eibar esperava por um contra-ataque para buscar um gol improvável.

Aos 40 minutos, a chance da equipe basca apareceu. Capa avançou pela esquerda, livrou-se de Claudio Bravo e, com o gol vazio à sua frente, chutou para fora.

O lance esquentou os minutos finais da primeira etapa. Aos 41, Xavi arriscou um raro chute de longa distância para o Barcelona. Irureta se esticou para fazer mais uma defesa importante. Aos 42, Messi, de cabeça, parou novamente no goleiro. No minuto seguinte, Bravo defendeu chute de Berjon.

LLUIS GENE/AFP/Getty Images
Messi Comemora Gol Barcelona Eibar Campeonato Espanhol 18/10/2014
Messi ganha abraço da galera após marcar

No início do segundo tempo, o ritmo do jogo caiu. Ainda assim, o Barcelona continuava dominante. Faltava, de novo, o último passe, o toque para destruir a bem montada defesa do Eibar.

E, se Messi não conseguia marcar, coube a ele exercer o papel do passador, algo que tem feito com frequência na temporada. Aos 14 minutos, o argentino recebeu de Xavi e devolveu com uma toque primoroso. O capitão tirou o goleiro para, enfim, abrir o placar.

Com o gol, ele chegou a 15 edições da Liga Espanhola em que marcou pelo menos uma vez. E Messi, agora o líder de assistências da equipe, chegou à oitava pela equipe temporada 2014-15.

Depois de finalmente superar a defesa do Eibar, o Barcelona se soltou em campo. E o adversário, abatido, rendeu-se ao ataque catalão. Aos 27 minutos, Daniel Alves cruzou para Neymar que, da marca do pênalti, bateu de primeira para fazer 2 a 0.

Foi o 200º gol da carreira do brasileiro.

A festa estava garantida, mas faltava o de Messi. E ele saiu dois minutos depois. Após tabela com Neymar fazendo o pivô, o argentino chutou cruzado para marcar seu gol de número 250 na história da Liga Espanhola.

LLUIS GENE/AFP/Getty Images
Neymar fez o segundo gol após passe de Daniel Alves
Neymar chegou ao 200º gol na carreira

O Camp Nou pulsava aos gritos de "Messi, Messi, Messi". O recorde de Telmo Zarra estava a um gol de ser igualado.

Aos 42 minutos, Messi quase marcou novamente. Depois de jogada individual, ele chutou da entrada da área. Irureta defendeu.

No último lance, nova oportunidade. Irureta, mais uma vez, parou a história com as mãos.

Agora, a próxima chance de o argentino se tornar recordista será em um jogo mais do que especial: Real Madrid x Barcelona, no próximo sábado, no Santiago Bernabéu. O clássico terá transmissão exclusiva dos canais ESPN.

Veja os melhores momentos de Barcelona 3 x 0 Eibar
Comentários

Neymar faz gol 200, Messi fica a um de recorde, e Barcelona supera retranca

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.