Alonso diz que Ferrari é terra de ninguém

ESPN.com.br
Reuters
Fernando Alonso dentro dos boxes da Ferrari em Sochi, palco do GP da Rússia
Fernando Alonso dentro dos boxes da Ferrari em Sochi, palco do GP da Rússia

A cada semana Fernando Alonso mostra que sua situação dentro da Ferrari é irreversível. O espanhol revelou seu descontentamento com os últimos resultados e lamentou que a equipe italiana esteja sem objetivos para as últimas três corridas da Fórmula 1 em 2014.

Após o sexto lugar no GP da Rússia, no último domingo, o piloto de 33 anos afirmou, em tom de lamúria: "Sabemos que estamos em terra de ninguém. Não existe uma luta muito clara tanto no Mundial de Pilotos como no de Construtores, mas somos profissionais. O objetivo é tentar fazer o melhor possível em cada prova. Somos profissionais."

"O pódio está aí perto, você o sente. Mas temos que ser realistas e honestos. Nos Construtores, a Williams é melhor que nós. Temos que ser agressivos na largada, esperar que tenha alguma prova com chuva para encontrar maior diversão", falou.

Alonso, atualmente, é o sexto colocado no Mundial de Pilotos, enquanto a Ferrari ocupa o quarto lugar entre as escuderias, atrás de Mercedes, Red Bull e Williams.

O bicampeão, que está desde 2010 em Maranello, sairá da Ferrari na próxima temporada. Ele não se entende com o novo chefe da Ferrari, Marco Mattiacci, e, segundo relatos do jornal inglês Sunday Times, chegou a chamá-lo de "filho da p..." depois de uma tensa reunião em Suzuka, palco do GP do Japão.

A possibilidade mais comentada é a de que Fernando Alonso retorne à McLaren em 2015. Também existem boatos de que pode ir para a Mercedes, mas apenas daqui dois anos, e assim aproveitaria a próxima temporada para descansar.

Veja como foi o 1º GP da Rússia, vencido por Hamilton
Comentários

Alonso diz que Ferrari é terra de ninguém

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.