Sem licença, jogadores do Brasileiro viram 'Leitinho', 'Rojeio' e 'Kadá' no PES 2015

Gustavo Faldon, do ESPN.com.br
Reprodução
Gotze será capa do PES 2015
Gotze será capa do PES 2015

Quem não se lembra do tradicional International Superstar Soccer de Super Nintendo com Allejo, Beranco, Riggio e cia? Pois é. A era dos nomes fictícios nos games de futebol ainda não acabou. Pelo menos no Pro Evolution Soccer 2015, que será lançado no dia 11 de novembro.

O game, ao contrário do seu principal concorrente, o Fifa 15, da EA Sports, terá 21 clubes brasileiros presentes (os 20 da Série A e mais o Vasco da Gama) com todos os uniformes autênticos e os estádios do Morumbi e da Vila Belmiro.

Porém, não estranhe se ao invés de Kaká no São Paulo você ler "Kadá", ou então "Rojeio" no gol são-paulino. Ou até mesmo o veterano lateral do Grêmio "Zé Romeito", ou o volante gremista "Leitinho", mais conhecido como Edinho na vida real. O PES 2015 ainda não conseguiu os direitos de imagem de todos os jogadores do Brasileirão.

O Fifa, assim como seu concorrente, poderia ter os uniformes, mas não achou seguro colocar nomes fictícios ou os nomes autênticos sem ter um órgão ou sindicato que representasse os atletas e consequentemente corresse o risco de levar uma ação judicial.

Pouco a pouco, o PES está negociado com os clubes brasileiros. Por enquanto, Palmeiras, Corinthians, Cruzeiro e Figueirense possuem os nomes reais. No entanto, no jogo disponível a quem compareceu na Brasil Game Show, maior feira de games da América Latina, a equipe celeste tinha nomes alternativos como "Furimo" no gol e "Datohersi" no ataque.

"Obviamente será muito difícil conseguir todos os nomes, não importa o que você faça. Já temos 4 clubes que assinaram com a gente. Temos discussões com Santos e Flamengo no momento. Mesmo se as licenças para todos os nomes não chegue imediatamente, nosso objetivo é colocar o máximo que pudermos. Na hora do lançamento, se não incluir os nomes de todos, vamos incluir atualizações com os nomes conforme fomos conseguindo as licenças", disse Manorito Hosonda, produtor do game, ao ESPN.com.br.

Além dos clubes brasileiros, o PES 2015 conta com as licenças da Uefa Champions League, Europa League, Copa Libertadores e Copa Sul-Americana. No entanto, a contrário do Fifa, não tem direitos da Premier League (exceção Manchester United) e da Bundesliga (exceções Bayern de Munique, Leverkusen, Schalke 04, M'gladbach e Wolfsburg)

O interesse da Konami no mercado brasileiro é grande. Acabada a entrevisa, Hosonda perguntou à reportagem onde poderia acompanhar os jogos do Campeonato Brasileiro fora do país em algum serviço de internet.

Comentários

Sem licença, jogadores do Brasileiro viram 'Leitinho', 'Rojeio' e 'Kadá' no PES 2015

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.