Barcos 'genérico' também teve apendicite, faz comemoração pirata e bate meta de gols

Francisco De Laurentiis, do ESPN.com.br, e Vladimir Bianchini, da Rádio ESPN
Divulgação/Red Bull Brasil
Gabriel Barcos
Gabriel Barcos, atacante do Red Bull: o Pirata do Interior

Ele tem um cavanhaque inconfundível. Na grande área, costuma ser mortal. Quando marca, logo sai correndo com a mão no rosto, como se fosse o tapa-olho de um pirata, para delírio da torcida. Trata-se de Hernán Barcos, atacante do Grêmio, certo?

Errado.

O personagem em questão é Gabriel Castelo Bortoletto, atacante autor de cinco gols em cinco jogos pelo Red Bull Brasil na Copa Paulista. Devido à semelhança física com o argentino, ex-Palmeiras e LDU, ele ganhou o apelido de Gabriel Barcos. E não é só no barba que eles se parecem, como revela o "Pirata do Interior".

"Teve uma vez que eu estava concentrado e tive apendicite! Foi de madrugada, pouco antes de um jogo. Tiveram que me levar correndo pro hospital, igualzinho ao Barcos na final da Copa do Brasil", contou Gabriel, em entrevista à Rádio ESPN e ao ESPN.com.br.

O episódio é idêntico ao acontecido com Hernán Barcos antes da primeira partida da final da Copa do Brasil de 2012, entre Palmeiras e Coritiba. O "Pirata" era titular absoluto do ataque de Luiz Felipe Scolari, mas teve apendicite horas antes da decisão, e não pode jogar. Em seu lugar, entrou o desconhecido Betinho, que acabaria como grande herói alviverde.

Apesar de não ser famoso, o Barcos "genérico" tem números de respeito em 2014, assim como o original. Até agora, ele passou por quatro clubes no ano (Maringá, Paraná, Paysandu e Red Bull), fazendo um total de 14 gols em 28 partidas: média exata de 0,5 gol/jogo. O argentino tem 26 tentos em 43 jogos: 0,6 gol/jogo.

"Eu faço igual a ele: trabalho com meta de gols. Ano passado, no São Bento, falei que ia fazer 13 gols na Série A2 do Paulista, mas fiz 20. No Maringá, falei que faria sete, fiz sete. Aqui no Red Bull ainda não estipulei meta, quero fazer o máximo que der", comentou Gabriel, que fez dois em cima do Batatais, na última quarta-feira.

Pelo Maringá, inclusive, ele acabou como 3º artilheiro do Campeonato Paranaense de 2014, e foi eleito o craque do torneio pela Federação local.

Divulgação/Red Bull Brasil
Gabriel Barcos
Barcos festeja: 5 gols em 5 jogos pelo Red Bull

Comemoração pirata

Outra semelhança entre Gabriel e Hernán Barcos é que ambos fazem a comemoração "pirata" quando marcam seus gols. Segundo o "genérico", o gesto do tapa-olho ajuda a conquistar a simpatia da torcida, além de servir como jogada de marketing.

"O apelido surgiu de 2012 para 2013, quando eu estava no São Bento, e o Barcos estava arrebentando no Palmeiras. Um repórter que deu, pela semelhança física. Eu achei legal, divertido. Aí comecei a comemorar os gols igual a ele, ganhei uma certa fama (risos). É um bom marketing, né? Sempre ajuda (risos)", brincou o jogador do Red Bull.

Apesar de ser bem parecido, Gabriel garante que nunca foi confundido com o jogador do Grêmio: "Todo mundo acha a gente igual, pela barba, por eu ser alto e também oportunista igual a ele. Em Maringá, todo mundo só me chamava de Barcos, de Pirata. Mas nunca dei autógrafo me passando por ele, não", assegurou.

Divulgação/Red Bull Brasil
Gabriel Barcos
Gabriel: 'O Barcos sabe que eu existo, sim'

O "genérico" também nunca conseguiu se encontrar com o original. Neste ano, o Grêmio até enfrentou o Maringa, ex-clube de Gabriel, em um amistoso, mas o jogador havia acabado de ser negociado com o Paraná, e perdeu a chance de enfrentar e tirar uma selfie com o hermano. Isso não significa, porém, que Hernán Barcos desconheça seu sósia.

"Ele sabe que eu existo, sim. Quando armaram esse amistos entre Grêmio e Maringá, saíram umas matérias nos jornais e mostraram para ele. Ele disse que achou engraçado, comentou e tudo. Pra mim, é uma honra", afirmou.

Nesta terça, Gabriel Barcos volta a campo com Red Bull, para enfrentar o Santo André, pela 3ª rodada da 2ª fase da Copa Paulista. Vale ficar de olho no matador, que busca manter sua média de 1 gol por jogo na competição. Mesmo que você use tapa-olho e tenha um olho só...

Comentários

Barcos 'genérico' também teve apendicite, faz comemoração pirata e bate meta de gols

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.