STJD investigará insultos homofóbicos em clássico entre Corinthians e São Paulo

ESPN.com.br com agência EFE
Gazeta Press
Torcedores de uniformizadas do Corinthians brigam na Arena e arrancam corrimão da arquibancada
STJD fará investigação sobre o clássico de domingo na Arena Corinthians

A Procuradoria do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) anunciou nesta segunda-feira que investigará supostas ofensas homofóbicas envolvendo torcedores de Corinthians e São Paulo, que se enfrentaram neste domingo, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Na semana passada, a diretoria do clube alvinegro emitiu uma nota pedindo aos torcedores não gritassem o termo "bicha" a cada cobrança de tiro de meta do goleiro adversário. O pedido não adiantou muito, já que Denis, titular do time tricolor no clássico, foi ofendido.

A Procuradoria também investigará brigas, distúrbios e o lançamento de objetos no campo ocorridos em vários partidas da rodada, segundo um comunicado do órgão.

O procurador-geral do STJD, Paulo Schmitt, solicitou as imagens de televisão de vários jogos para analisar possíveis irregularidades. No caso do duelo paulista, os itens em que cabe denúncia foram colocados na súmula do jogo realizado na Arena Corinthians.

No clássico entre Cruzeiro e Atlético-MG, o árbitro interrompeu o jogo momentaneamente quando torcedores lançaram rojões contra rivais, segundo a súmula.

Comentários

STJD investigará insultos homofóbicos em clássico entre Corinthians e São Paulo

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.