Lateral que interessa ao Corinthians fala alemão fluente e cuida da roça

Francisco De Laurentiis, do ESPN.com.br, e Vladimir Bianchini, da Rádio ESPN
Heuler Andrey/Getty Images
Fabiano Chapecoense Coritiba Campeonato Brasileiro 10/09/2014
Lateral direito Fabiano é um dos destaques do Brasileirão pela Chapecoense

4º melhor lateral do Campeonato Brasileiro no prêmio Bola de Prata, da revista Placar e da ESPN, o ala direito Fabiano, da Chapecoense, é uma das revelações do ano. Suas boas atuações no torneio até agora já chamaram a atenção dos grandes clubes, e o Corinthians já fez até consultas para ter o atleta no ano que vem.

Aos 22 anos, o próprio jogador, que cuidava da roça, das vacas e dos porcos em Santa Catarina até pouco tempo, admite que nunca esperou isso.

A história de Fabiano é curiosa. Ele nasceu em São João do Oeste, cidade catarinense de 6 mil habitantes, de colonização alemã. No pequeno município, 93% da população fala alemão, e pelo menos 97,5% entende a língua teutônica. O próprio lateral é fluente na língua de Goethe, e diz que, quando está na terra natal, nem fala em português.

"A região em que eu morava é distante e pouco conhecida. Lá, é difícil alguém conversar em português. É muito difícil até pra mim falar com a minha família e meus amigos em português. A gente só fala em alemão, mesmo", conta o ala, em entrevista à Rádio ESPN.

Em São João do Oeste, 75% da população vive na zona rural, caso de Fabiano quando jovem. Nos tempos de colégio, ele ajudava seu pai a ordenhar as vacas, alimentar os suínos e cuidar da lavoura quando voltava da escola, e jogava bola em seu tempo livre, sem pretensões de um dia se tornar atleta profissional.

"Sempre gostei de jogar bola, mas nunca esperava levar isso como profissão. No momento em que tive oportunidade de fazer meu primeiro teste, vi que gostava muito e que queria aquilo pra mim. Graças a Deus consegui mostrar meu futebol e ganhar meu espaço", diz o jogador, que leva na certidão o germânico sobrenome Leismann.

Marcio Cunha/Getty Images
Fabiano Chapecoense Palmeiras Campeonato Brasileiro 25/05/2014
Fabiano em ação contra o Palmeiras, pelo Brasileirão

Após atuar em pequenas equipes da região, o "alemão" Fabiano participou do projeto "Genoma Colorado", do Internacional, em Itapiranga, perto de São João. Com destaque, foi indicado para a base do São Luiz-RS, em Ijuí. Na equipe gaúcha, jogou duas temporadas, treinando entre juvenis e juniores, ainda atuando como zagueiro, sendo negociado depois com a Chapecoense, em 2009.

Foi com o técnico Mauro Ovelha que o atleta ganhou suas primeiras oportunidades em Chapecó. A iniciativa deu certo, e o ano seguinte serviu como afirmação. Apesar de defensor, foi o artilheiro do time e revelação do Campeonato Catarinense. Depois disso, passou a jogar como lateral com a chegada do técnico Gilmar Dal Pozzo, que colocou a Chapecoense na Série A do Brasileirão.

Em 2014, o atleta aparece como um dos cinco melhores laterais do Brasileirão, com nota média de 5,78 em 18 jogos, atrás apenas de Marcos Rocha (Atlético-MG), Mayke (Cruzeiro) e Ceará (Cruzeiro). Tanto é que, no empate por 1 a 1 entre Chapecoense e Corinthians, na última quinta-feira, diretores alvinegros, como Alessandro e Edu Gaspar, já fizeram uma consulta pelo ala direito.

Alan Pedro/Getty Images
Fabiano Chapecoense Flamengo Campeonato Brasileiro 03/08/2014
Fabiano fala em alemão até com família e amigos

"A gente ouve comentários, né... No intervalo, um repórter me perguntou sobre uma possível ida ao Corinthians, mas ainda não é momento de falar sobre isso. Independentemente do que possa acontecer, estou focado na Chapecoense, porque sei que, pelo menos até o fim da temporada, fico aqui", garante.

"Tenho que estar focado no objetivo do meu time, que é ficar na Séria A, e respeitar meus companheiros. Pelo bom rendimento, certamente virão sondagens", completou.

Com contrato até 2016, parece que está chegando a hora de Fabiano dizer auf Wiedersehen à Chapecoense...

Comentários

Lateral que interessa ao Corinthians fala alemão fluente e cuida da roça

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.