Produtor do Fifa 15 não descarta volta dos times brasileiros ainda nesta edição

Gustavo Faldon, do ESPN.com.br
Reprodução
Imagem durante o jogo do Fifa 15
Imagem durante o jogo do Fifa 15

A grande polêmica deste ano no mundo dos games foi a não inclusão de clubes do Campeonato Brasileiro no Fifa 15, principal jogo de futebol do mundo que sairá no dia 9 de outubro, não teve um ponto final.

Segundo Gilliard Lopes, produtor da EA Sports que desenvolveu o game, a empresa ainda não desistiu da batalha, e os clubes brasileiros poderiam até retornar ainda no Fifa 15.

"Do primeiro dia em que a gente soube dessa modificação, a gente está tentando trazer de volta esses times seja em qual versão do jogo for. Isso virou "top" prioridade lá dentro. Não é da boca pra fora. Porque o Fifa prima pela autenticidade. Enquanto eu estou aqui conversando com você tem gente lá tentando desenrolar esse imbróglio pra que a gente possa ter certeza de que a gente está colocando no jogo alguma coisa que a gente tem plenos direitos", disse Lopes, em entrevista ao ESPN.com.br.

"Não é impossível (voltarem os clubes brasileiros já no Fifa 15). A gente não quer dar falsas esperanças para o jogador porque seria um trâmite complicado fazer um patch, uma atualização do tamanho que seria necessária, com todo o risco que teria você introduzir uma liga no meio do código de um jogo que já está no mercado. Mas se a gente entender que tem a possibilidade, a gente vai ter todos os esforços para fazer", completou.

Pela falta de um sindicato que representasse os atletas, a EA Sports não quis correr o risco de usar os direitos de imagem dos jogadores brasileiros e depois poder ser processada por isso. Por esse motivo achou melhor excluir os clubes brasileiros. Porém, a seleção e jogadores do Brasil que atuam no exterior estarão no game.

Uma entidade que represente os direitos facilita o trabalho da produtora. É o caso da Premier League, que terá todos os clubes licenciados, os 20 estádios e até o layout do placar do jogo representados fielmente no Fifa 15.

A EA Sports inclusive trabalhava já no desenvolvimento do Fifa 15 contando com os clubes brasileiros. Uma das novidades do game será a emoção da torcida. Por exemplo, se você jogar com o Liverpool verá as faixas estendidas e o canto de "You'll Never Walk Alone" em Anfield Road, com o Boca Juniors será uma "hinchada" que não para de pular, entre outros.

"Teve desenvolvimento da parte da localização, do áudio, trabalho com o Tiago Leifert e Caio Ribeiro (narradores na versão brasileira do game) que foi feito em cima dos clubes brasileiros e que a gente não vai poder usar. Esse feature das torcidas brasileiras era algo que a gente tinha trabalhado bastante. Mas é uma tristeza grande. Tiago e Caio ficaram muito tristes porque eles tinham gravado comentários para quando essas cenas fossem mostradas que a gente vai ficar sem", lamentou Lopes.

Outro ponto que foi prejudicado foram os estádios da Copa do Mundo, presentes na edição do Fifa do Mundial do Brasil, lançada há alguns meses. "Como a gente não viu esses clubes representados a gente não viu como justificar trazer os estádios. O fato deles estarem já modelados no jogo é um atalho muito grande, inclusive a gente tava perseguindo essas licenças para usar nos outros jogos da série. Mas como a gente não vai ter os clubes, não faz sentido para nós. Mas isso nos coloca numa posição boa no futuro".

O Fifa 15 tem data de lançamento prevista para 9 de outubro no Brasil para Playstation 3, Playstation 4, Xbox 360, Xbox One e PC.

 

Comentários

Produtor do Fifa 15 não descarta volta dos times brasileiros ainda nesta edição

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.