Agredida, mulher de Ray Rice defende marido

ESPN.com.br

Um dia depois de um novo vídeo de Ray Rice agredindo sua esposa vazar na internet, o Baltimore Ravens demitir o jogador, e a NFL suspendê-lo indefinitivamente, a mulher de Rice, Janay, veio a público defender o marido.

"Ninguém sabe a dor que a mídia e opiniões não requisitadas do público causaram à minha família. Nos fazer reviver esse momento que nos arrependemos nas nossas vidas é uma coisa horrível", escreveu Janay Rice, no Instagram.

"Tirar algo do homem que amo e que ele se dedicou por toda a vida apenas para ganhar audiência é horrível. ESSA É NOSSA VIDA! Por que vocês não entendem? Se a intenção era nos machucar, nos envergonhar, nos fazer sentir solitários, tirar toda nossa felicidade, vocês tiverem sucesso", continuou a esposa do jogador.

Inicialmente, Rice, campeão do Super Bowl de 2013 com os Ravens, havia sido suspenso pela NFL apenas pelas duas primeiras partidas da temporada 2014. Tal medida gerou inúmeras críticas a Roger Goodell, comissário da NFL.

A Liga então decidiu suspender o jogador indefinitivamente após o novo escândalo.

Técnico dos Ravens comenta corte de Ray Rice: 'Fizemos a coisa certa'; veja a entrevista

Na primeira ocasião, o ‘TMZ' já havia divulgado imagens de Rice arrastando a mulher inconsciente para fora do elevador. Agora, o vídeo é do circuito interno do Revel Hotel and Casino, em Atlantic City, e flagra o momento do soco do atleta. Antes de cair no chão, Palmer ainda bate a cabeça no espelho.

O episódio motivou a NFL a divulgar um novo pacote de medidas para combater a violência doméstica, depois de a liga ser acusada de tratar mal o caso de Rice. Agora, a pena para casos como esse pode variar de seis jogos de suspensão a até mesmo o banimento do futebol americano.

Getty
Janay Rice (esq.) ao lado do marido que a agrediu
Janay Rice (esq.) ao lado do marido que a agrediu

As novas punições, segundo a NFL, ficam maiores no caso de alguns agravantes, como o envolvimento do agressor em incidentes similares antes da chegada na liga, violência com arma de fogo, asfixia, agressão contínua ou quanto o ato é cometido contra um grávida ou diante de uma criança.

O banimento aconteceria para os jogadores que fossem reincidentes em caso de agressão doméstica. Ainda assim, seria possível a requisição de um processo de reintegração após um ano, independente do resultado do processo na justiça norte-americana - a NFL fará sua própria análise dos fatos.

Inicialmente, o RB foi suspenso dois primeiros jogos da temporada e multado em 529.411,24 dólares, o equivalente a R$ 1.175.292,95. Na ocasião, o jogador divulgou comunicado garantindo já ter reatado a relação com a mulher.

Comentários

Agredida, mulher de Ray Rice defende marido

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.