Pivô de polêmica, Kardec decide clássico no fim, São Paulo vence e afunda Palmeiras

ESPN.com.br
Veja os gols de Palmeiras 1 x 2 São Paulo

O clássico Palmeiras x São Paulo tinha tudo para ser quente. Graças, principalmente, à rivalidade cada vez maior entre os times depois da transação envolvendo o atacante Alan Kardec, que fez as diretorias romperem relações. Mas, dentro de campo, o que se viu neste domingo foram dois tempos completamente distintos. Entre apatia e nervosismo, coube justamente ao pivô da polêmica marcar o tento da vitória tricolor no fim: 2 a 1, em duelo válido pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Alan Kardec havia sido o protagonista de discussões públicas entre as diretorias dos rivais depois de trocar o Palmeiras pelo São Paulo, em negociação que revoltou a cúpulaalviverde. Na ocasião, o atacante resolveu ouvir propostas de outros times depois de o presidente Paulo Nobre tentar barganhar R$ 5 mil na renovação contratual. Melhor para o clube tricolor, que fez oferta maior, "roubou" o jogador e causou a ira palmeirense.

O resultado é péssimo para o time do Palestra Itália, que estacionou nos 14 pontos e pode acabar o fim de semana na zona do rebaixamento, desde que Botafogo ou Figueirense vençam Fluminense e Atlético-MG, respectivamente, em jogos marcados para as 18h30. Bom para o São Paulo, que se recupera da eliminação vergonhosa sofrida contra o Bragantino pela Copa do Brasil nesta semana e vai aos 26 pontos, ainda na quinta colocação da Série A.

Na briga por uma vaga na zona que classifica à próxima Copa Libertadores, a equipe tricolor volta a campo na próxima quinta-feira, contra o Internacional, às 22h, no Beira-Rio. Já o Palmeiras atua no dia anterior, na quarta, contra o Sport, em Recife, às 19h30. O clube alviverde completou hoje nove partidas sem vitórias no Brasileiro.

O jogo: lesão de Valdívia, primeiro tempo sonolento e 45 minutos finais de emoção

No duelo deste domingo, o primeiro tempo foi sonolento no Pacaembu. O jogo começou bom, com um lance polêmico na área do São Paulo, quando a bola desviou na mão de Tolói, mas o árbitro não assinalou nada. Na sequência do lance, o Palmeiras atacou bem e parou nas mãos de Rogério Ceni. O principal momento foi a lesão sofrida por Valdívia, substituído aos 18. E só.

Sérgio Basrzaghi / Gazeta Press
Valdivia sentiu dores e foi substituído no início do clássico
Valdivia sentiu dores e foi substituído no começo

A etapa complementar reservava maiores emoções. Logo aos 8 minutos, o goleiro alviverde saiu jogando errado da entrada da área palmeirense, com um chute torto para o meio que caiu nos pés de Paulo Henrique Ganso. O camisa 10 deu de presente para Alexandre Pato, que sozinho avançou e tocou na saída de Fábio.

O gol embalou o time tricolor. Dois minutos depois, em contra-ataque, Ganso lançou Kaká na frente, o camisa 8 invadiu a área e chutou no cantinho, mas Fábio defendeu. Em seguida, o mesmo Kaká tabelou com Alexandre Pato, que recebeu na frente e chutou tirando tinta da trave direita do Palmeiras.

A equipe alviverde, atordoada depois de ser vazada, conseguiu reagir. Em pressão perto da área tricolor, Allione tocou para trás encontrando Felipe Menezes, que bateu colocado. A bola desviou no braço de Édson Silva, o árbitro marcou pênalti e amarelou o jogador do São Paulo.

O atacante Henrique chamou a responsabilidade da cobrança e fez um belo gol. Caminhou lentamente para a bola, deu uma breve paradinha e colocou no canto direito, meia altura, indefensável para o goleiro Rogério Ceni, que foi deslocado e sequer chegou a pular no lance.

O clássico ficou mais amarrado no meio de campo a partir daí, mas foi o Palmeiras que teve nos pés a bola do jogo. Aos 43min, Leandro recebeu completamente livre e tocou na saída de Rogério. O goleiro desviou, devolveu para Leandro, que rolou para Henrique. Sozinho, o atacante escorregou e furou.

E o castigo veio segundos depois. O São Paulo se lançou ao ataque com Álvaro Pereyra. Pela esquerda, o jogador avançou e cruzou com perfeição justamente na cabeça de Alan Kardec, que subiu mais que a zaga, escorou de cabeça e decidiu o Choque Rei no Pacaembu.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Kardec marcou no fim gol da vitória do São Paulo contra Palmeiras
Kardec marcou no fim gol da vitória do São Paulo contra Palmeiras
Comentários

Pivô de polêmica, Kardec decide clássico no fim, São Paulo vence e afunda Palmeiras

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.