Fifa divulga comunicado e reconhece título mundial do Palmeiras, mas erra nome do time

Francisco De Laurentiis, do ESPN.com.br
Gazeta Press
Jair Rosa Pinto Troféu Copa Rio 1951 Palmeiras Juventus 22/07/1951
Jair Rosa Pinto recebe o troféu da Copa Rio, em 1951

Após o presidente da Fifa, Joseph Blatter, anunciar, no último sábado, que o Palmeiras seria reconhecido como primeiro campeão mundial de clubes, a entidade máxima do futebol comunicou oficialmente o fato. Em e-mail enviado nesta terça-feira, a organização confirmou que a Copa Rio de 1951 foi "a primeira competição de abrangência mundial", e que a conquista entrará para a galeria da Fifa.

No entanto, a entidade cometeu gafe e errou o nome da equipe paulista.

"Em reunião realizada em São Paulo, no dia 7 de junho de 2014, o Comitê Executivo da Fifa concordou com pedido feito pela CBF de reconhecer o título de 1951 disputado entre clubes da Europa e da América como a primeira competição de abrangência mundial, e que teve o Palmeiras Football Club como vencedor", escreveu a Fifa ao ESPN.com.br.

Gazeta Press
Liminha Gol Palmeiras Juventus Final Copa Rio 1951 22/07/1951
Liminha faz o gol do título contra a Juventus

O nome do time, no entanto, é Sociedade Esportiva Palmeiras.

No mesmo e-mail, a entidade máxima do futebol também ressaltou que o primeiro campeão mundial "padrão Fifa" foi o Corinthians, em 2000, vencendo o Vasco na final, no Maracanã.

"No que diz respeito ao FIFA Club World Cup, a primeira edição do torneio foi disputada em 2000, e seu vencedor foi o Corinthians", salientou a Fifa.

A luta palmeirense pelo reconhecimento do título já vem desde 2006, quando a diretoria do clube produziu um dossiê e o enviou à Fifa, pedindo o reconhecimento da Copa Rio como Mundial de Clubes.

A entidade máxima do futebol respondeu ao clube, por meio de um fax enviado pelo secretário-geral Urs Linsi, mas disse que iria protelar a decisão, nunca dando uma resposta definitiva.

Gazeta Press
Palmeiras Gol Juventus Final Copa Rio 1951 22/07/1951
Palmeirenses comemoram gol sobre a Juventus

A luta recomeçou durante a Copa do Mundo deste ano, quando os palmeirenses Aldo Rebelo (ministro do Esporte) e Marco Polo Del Nero (presidente eleito da CBF e membro do Comitê Executivo da Fifa), pediram que a entidade analisasse novamente o pedido alviverde. Após cerca de um mês, veio a resposta positiva.

Com isso, o Fluminense também deve ser chancelado como campeão mundial, já que faturou a segunda edição da Copa Rio, em 1952, batendo o Corinthians na final.

O que foi a Copa Rio?

A Copa Rio foi um torneio internacional organizado pela CBD (Confederação Brasileira de Desportos) e disputado por times da Europa e da América do Sul no Pacaembu, em São Paulo, e no Maracanã, no Rio de Janeiro, um ano depois da derrota do Brasil na Copa do Mundo de 1950.

Gazeta Press
Canhotinho Palmeiras Troféu Campeão Copa Rio 1951 23/07/1951
Canhotinho beija o troféu da Copa Rio

Os clubes participantes foram: Juventus (Itália), Estrela Vermelha (Iugoslávia), Áustria Viena (Áustria), Nacional (Uruguai), Sporting (Portugal), Nice (França), Vasco e Palmeiras.

O clube do Palestra Itália, que tinha à época uma das melhores formações de sua história, venceu o Nice (3 a 0) e o Estrela Vermelha (2 a 1) e perdeu para a Juventus (4 a 0) na primeira fase.

Na semifinal, eliminou o favorito Vasco, com vitória por 2 a 1 e empate em 0 a 0. Na final, O Palmeiras derrotou a Juventus, vencendo o primeiro jogo por 1 a 0, no Pacaembu, e empatando o segundo em 2 a 2, no Maracanã, graças ao histórico gol de Liminha, para festa de 150 mil pessoas no estádio.

No dia seguinte, já prevendo o que iria se concretizar décadas depois, o jornal Gazeta Esportiva estampou em sua manchete: "Palmeiras campeão do mundo".

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 2 x 2 JUVENTUS
Copa Rio 1951 - Final (2º jogo)

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro-RJ
Data: 22 de julho de 1951, domingo
Público: 150 mil torcedores
Renda: Cr$ 2.783.190,00
Árbitro: Gabriel Tordjan (FRA)

GOLS
PALMEIRAS: Rodrigues, aos 2, e Liminha, aos 32 minutos do segundo tempo
JUVENTUS: Praest, aos 18 minutos do primeiro tempo; Karl Hansen, aos 18 minutos do segundo tempo

PALMEIRAS: Fábio; Salvador e Juvenal; Túlio, Luis Villa e Dema; Lima, Ponce de León (Canhotinho), Liminha, Jair Rosa Pinto e Rodrigues Técnico: Ventura Cambon

JUVENTUS: Viola; Bertucelli e Manente; Mario, Parola e Bizzoto; Muccinelli, Karl Hansen, Boniperti, Johan Hansen e Praest Técnico: Jesse Carver

Comentários

Fifa divulga comunicado e reconhece título mundial do Palmeiras, mas erra nome do time

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.