Falta de sindicato dos jogadores tirou times brasileiros do Fifa 15

Gustavo Faldon, do ESPN.com.br
Divulgação/EA Sports
Messi segue como garoto-propaganda do Fifa
Messi segue como garoto-propaganda do Fifa

Uma das maiores polêmicas desta quarta-feira no mundo virtual foi o anúncio da EA Sports de que o principal jogo de futebol do mundo, o Fifa, não terá na sua próxima edição clubes brasileiros. E o motivo, segundo a produtora, é simples: o Brasil não tem uma associação de jogadores.

"O motivo é por conta de direitos dos jogadores, e não dos clubes. A gente não está confortável com a cobertura em relação aos direitos dos jogadores. Enquanto a gente busca uma solução para garantir que não tem nenhum risco, a melhor forma foi tirar os times e os jogadores. Sem os jogadores a gente não pode ter os clubes", disse Jonathan Harris, gerente de negócios da EA Sports, ao ESPN.com.br.

"Esse é o problema. Não tem uma associação. Essa é a maior dificuldade. No caso dos clubes, a gente tem que negociar com cada clube. Não tem uma liga que tem o direito dos clubes. Na NFL, tem a NFLPA, uma associação dos jogadores. Você negocia com eles e consegue esses direitos. Quando eles levantaram essa questão, ficamos na dúvida. Enquanto não temos essa garantia, o melhor caminho é tirar os jogadores", completou.

Enquanto o Fifa 15 não terá clubes e jogadores do Campeonato Brasileiro, o principal concorrente da EA Sports, o Pro Evolution Soccer 2015, terá. Mesmo assim, Harris não prevê uma crise nas vendas.

"Acho que a gente não vai perder vendas por causa dessa mudança. É uma mudança important,e mas ainda temos um produto muito forte, muitos modos de jogo.Nossa esperança é que o público brasileiro ainda valorize o resto do que a gente tem para oferecer. Muita gente joga com os times lá de fora".

No entanto, a EA Sports anunciou que terá os direitos da seleção brasileira. Dessa forma, o time da CBF poderá ter escudo e uniformes oficiais na versão nova do jogo.

A produtora anunciou na semana passada que terá os direitos da Serie A Italiana com escudos e logos oficiais.

O Fifa tem sido a franquia que mais "valorizava" o futebol brasileiro. Desde a década de 90 o jogo conta com os times daqui. Em 2013, o game contava com todos da Série A, e ainda o Palmeiras, que disputava a segunda divisão nacional à época.

O Fifa 15 prometeu mais anúncios sobre ligas e licenças no dia 13 de agosto. O game será lançado para PC, Xbox 360, Xbox One, Playstation 3 e Playstation 4 em 25 de setembro.

 

Comentários

Falta de sindicato dos jogadores tirou times brasileiros do Fifa 15

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.