Botafogo pressiona Dilma e diz que pensa em abandonar Brasileiro por receitas bloqueadas

Gabriela Moreira, de Brasília (DF), para o ESPN.com.br
Getty
Dilma Rousseff se reuniu com representantes de 12 clubes brasileiros
Dilma Rousseff se reuniu com representantes de 12 clubes brasileiros

Em encontro de 12 representantes de clubes com a presidente Dilma Rousseff, nesta sexta-feira, em Brasília, o mandatário do Botafogo, Maurício Assumpção, disse que pensa em abandonar o Campeonato Brasileiro por conta das receitas bloqueadas do clube carioca.

Uma ação da justiça determinou o bloqueio de 100% do dinheiro que o Botafogo recebe por direitos de transmissão. O time alvinegro, que possui uma dívida de R$ 700 milhões, ainda tem penhoras que impedem o recebimento de receitas importantes, como a venda de jogadores.

Antes do encontro com Dilma, Assumpção tinha marcado uma reunião, neste semana, com a CBF para discutir outro assunto. A entidade, porém, cancelou o compromisso.

Na conversa desta sexta-feira, Dilma se mostrou surpresa com a situação do Botafogo. O diálogo entre Dilma e o presidente do clube foi da seguinte forma:

Dilma Rousseff: Qual é a porcentagem das receitas que estão bloqueadas?

Mauricio Assumpção: 100%, presidente.

Dilma Rousseff: 100% da receita está bloqueada?

Maurício Assumpção: É isso, presidente.

Comentários

Botafogo pressiona Dilma e diz que pensa em abandonar Brasileiro por receitas bloqueadas

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.