Kiwi X Brazo: a história do neozelandês folgado que foi rabeado por um brasileiro

Edinho Leite
Marcelovasconcellos.com
Kiwi rabeando outro brasileiro, Fabio Kodama, na manhã anterior ao bafafá e por pouco não deu fim a sua trip.
Kiwi rabeando outro brasileiro, Fabio Kodama, na manhã anterior ao bafafá e por pouco não deu fim a sua trip.

Toda história tem dois lados e nesta de Kiwi x Brazo não foi diferente. Fernando “Frewka” Casascou estava lá naquela semana e nos fala o seguinte: “Vi de frente e segui todos os fatos. O Kiwi em questão contou a história dele, mas eu vi outra. Vamos aos fatos”.

O site neozelandês gosurf.com.nz/ publicou ontem a matéria replicado por sites mundo a fora, incluindo Brasil, com vídeo de um brasileiro rabeando o neozelandês Tom Thimpson, em Mentawai. No texto, Tim fala que estava no pico com apenas alguns amigos quando chegou um novo grupo. Segundo o neozelandês, a partir daí o clima ficou pesado com a galera nova remando em todas as ondas e não respeitava a fila no pico. Foi então que Tim, que estava sendo rabeado pela terceira vez pelo brasileiro, não aceitou ver o surfista pegando seu tubo e virou pra dentro da onda, acertando uma ombrada no brazuca. No momento os dois se embolaram, mas o vídeo acaba e não dá para saber o que aconteceu depois, nem a matéria toca nesse assunto.

AO VIVO

“O vídeo, que teve todo tipo de comentários preconceituosos nos vários sites, não mostra o neozelandês dando a volta na galera e, depois de passar remando por toda a fila, vindo na onda em questão” comentou Frewka, complementando: “foi ai que meu amigo dono de um camping em Mentawai, indignado com o Kiwi e sua atitude desrespeitosa rabeou a onda dele. Depois do fato chamado de ombrada, ou hugby, o Kiwi levou um belo corretivo desse meu amigo, não só pela ombrada, mas também pela postura no out side. A rabeada que o polaco tomou foi para que provasse do próprio veneno”. O video maker e fotógrafo Marcelo Tchellão que também presenciou tudo contou que, com cara de “mané” o chato de plantão foi surfar mais no rabo da onda, ou seja, não segurou a bronca. “Depois disso encotramos com ele e seu grupo em vários sessons e a harmonia voltou. Na verdade todos nos vamos a Mentawai para nos divertir. Fatos como este são resolvidos na hora, por isso demorei tanto tempo para me manifestar, pois não acho que isso deva ir adiante. Mas, só para vocês entenderem, esta sequência foi um dia antes da onda em questão”.

QUEM TEM FAMA DEITA NA CAMA

Infelizmente a frase acima é verdade. É difícil desmontar a imagem que muitos brasileiros e nossa expansividade acabaram por criar durante anos. Mas as coisas mudam e a real é que há muito gringo folgado, que se acha dono do mundo e suas ondas. Pior, acreditam ser superiores dentro de sua imensa ignorância da realidade além de seus umbigos. Ainda bem que, mesmo em menor quantidade, li alguns comentários, em diversos sites, que refletem mais a realidade: há gente boa e ruim em toda parte, dentro e fora do mar.

Fonte de informação: Fernando Frewka e Marcelo Tchellão.
Fotos: MarceloVasconcellos "Tchellão"

[ ]´s + (_ (__ (___ + PAZ > FUN
EdiMilk

Comentários

Kiwi X Brazo: a história do neozelandês folgado que foi rabeado por um brasileiro

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.