Para 'desenvolver esporte' e acabar com abuso sexual, CBF vai disciplinar escolas de futebol

Francisco De Laurentiis, do ESPN.com.br
ARMEND NIMANI/AFP/Getty Images
Escolinha Futebol Kosovo 29/06/2014
CBF passará a ficar de olho das escolinhas de futebol infanto-juvenis

A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) anunciou nesta terça-feira a criação de um grupo de trabalho para disciplinar as atividades das escolinhas de futebol infanto-juvenis. Segundo a organização, o objetivo é "desenvolver o esporte futebol" e ajudar a acabar com casos de abuso sexual nestes espaços.

A portaria PRE nº 08/2014, assinada pelo presidente José Maria Marin, já entrou em vigor e passa a valer a partir desta terça. Ela cria um grupo "com a finalidade de disciplinar e supervisionar as atividades dos centros de treinamento esportivo para crianças e adolescentes, conhecidos como 'escolinhas de futebol'".

Além disso, segundo a CBF, "caberá a esse grupo de trabalho analisar as condições de funcionamento das 'escolinhas' hoje existentes e planejar e propor medidas que levem a seu aperfeiçoamento, de modo a estabelecer um padrão ideal, sob condições ótimas, levando em conta a realidade brasileira".

Ao todo, três pessoas ficarão responsáveis pelo grupo: os advogados Sandro Maurício de Abreu Trindade, Maurício Rodrigues Amparo e Edna Vieira Macedo.

De acordo com o documento da CBF, a entidade deve "colaborar com os poderes públicos na implementação de medidas que tenham por objetivo o desenvolvimento do esporte futebol".

Ademais, a Confederação aponta que deve também ajudar nas "pesquisas efetuadas pela Comissão Parlamentar de Inquérito instaurada na Câmara dos Deputados para apurar denúncias de exploração sexual de crianças e adolescentes".

A CPI foi instaurada após matéria da revista Placar, publicada em maio do ano passado, apresentar um dossiê do abuso sexual nas categorias de base do futebol brasileiro.

Comentários

Para 'desenvolver esporte' e acabar com abuso sexual, CBF vai disciplinar escolas de futebol

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.