Governo recebe o Bom Senso FC e pretende limitar poder de agentes

ESPN.com.br com agência EFE
Representantes do Bom Senso se reúnem com Dilma para discutir responsabilidade fiscal dos clubes

O governo estudará a possibilidade de limitar o poder dos representantes dos jogadores de futebol, afirmou nesta segunda-feira o secretário nacional de Futebol e Defesa dos Direitos do Torcedor, Antônio Nascimento.

O anúncio foi realizado pelo secretário após uma reunião entre a presidenta Dilma Rousseff e o Bom Senso Futebol Clube, grupo de jogadores que reivindica reformas na gestão do futebol.
Antes de decidir que medidas tomar, o Ministério do Esporte encomendará um estudo para avaliar o papel e as funções dos agentes de jogadores, que deverá estar terminado em um prazo de quatro meses, segundo Nascimento.

"O governo tem uma preocupação com a atuação dos agentes. No futebol, crianças de 14 anos são cooptadas por agentes", afirmou Nascimento a jornalistas.

Na reunião, o Bom Senso FC pediu ajuda ao governo para que sejam aplicadas sanções financeiras e esportivas aos clubes que tenham dívidas com os jogadores e outros funcionários.

Os representantes do Bom Senso explicaram que o grupo apresentou a Dilma outras reivindicações, que incluem a mudança de datas do calendário de competições e regras para fomentar boas práticas financeiras por parte dos clubes.

Esta é a segunda reunião entre Dilma e o Bom Senso. Na próxima sexta-feira, a presidenta deve se encontrar com representantes dos clubes da primeira divisão do Campeonato Brasileiro para tratar com eles possíveis mudanças na legislação para sanear suas contas.

Comentários

Governo recebe o Bom Senso FC e pretende limitar poder de agentes

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.