Van Gaal despreza o jogo que Felipão tanto valoriza

André Donke, Antônio Strini, Igor Resende, Jean Santos e Ricardo Zanei, de SP
Getty
Luiz Felipe Scolari e Louis van Gaal: pensamentos diferentes para o terceiro lugar
Luiz Felipe Scolari e Louis van Gaal: pensamentos diferentes para o terceiro lugar

O valor do terceiro lugar na Copa do Mundo é encarado de forma bastante distinta pelos técnicos que irão disputar a partida. Se Luiz Felipe Scolari estabeleceu a vitória no duelo de sábado, em Brasília, como ‘um novo sonho' para a seleção brasileira, o técnico da Holanda, Louis van Gaal, não se mostrou muito empolgado.

As reações dos treinadores refletem bem como suas equipes acabaram nas semifinais da competição. Afinal, o Brasil caiu na competição que sedia sendo massacrado pela Alemanha por 7 a 1, protagonizando o maior vexame de sua história e precisando diminuir a ‘dívida' com seu torcedor.

"A Copa não acabou ainda. Agora vamos trabalhar para montar o time para o jogo de sábado, que também passa ser importante para nós. Um novo sonho que temos: terminar a Copa em terceiro lugar", dissera Felipão após a partida.

A Holanda, por sua vez, não viu sua eliminação para a Argentina - apenas nos pênaltis após empate sem gols - nesta quarta-feira diminuir a boa e surpreendente campanha no Mundial. A derrota em meio a este contexto e depois de um duelo equilibrado fez com que o gosto amargado influenciasse no tom adotado por Van Gaal.

"O pior de tudo, na minha opinião, é que você tem a possibilidade de perder duas vezes, e, em um torneio que você fez excelente campanha, acaba indo embora como perdedor. Enfim, já digo isso há 15 anos. Nas etapas finais de um torneio, os jogadores não deveriam jogar pelo terceiro lugar, porque só há um prêmio, que é o de ser campeão", declarou o técnico na entrevista coletiva logo após a partida.

O revés ainda fez Van Gaal mostrar sua reprovação quanto à definição de um classificado por meio de cobranças de pênaltis. Vale lembrar que os holandeses passaram pelas quartas de final batendo a Costa Rica justamente nas penalidades.

"Este jogo nunca deveria ser jogado, já disse isso há dez anos, mas, enfim, vamos jogar. É injusto também, temos um dia a menos para nos preparar, isso não é fair play", afirmou.

Brasil e Holanda se enfrentarão no Estádio Nacional no sábado, às 17h (de Brasília). A partida terá transmissão da ESPN Brasil e do WatchESPN. O ESPN.com.br fará o acompanhamento em tempo real.

Comentários

Van Gaal despreza o jogo que Felipão tanto valoriza

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.